No discurso da posse, Bertoncini imprimiu um novo ritmo de trabalho: “Quero agilidade e transparência”
No discurso da posse, Bertoncini imprimiu um novo ritmo de trabalho: “Quero agilidade e transparência”

 

Zahyra Mattar
Tubarão
 
Discursos rápidos deram o tom de como será o ritmo da música no executivo de Tubarão daqui para frente. Ontem de manhã, o prefeito Manoel Bertoncini (PSDB) e o vice Pepê Collaço (PP) empossaram os novos comandantes das secretarias municipais.
 
Manhã festiva, mas também de reforço da nova diretriz. Das 11 secretarias que integram a estrutura administrativa pós-reforma, apenas uma, a da fazenda, continua oficialmente sem titular. O vereador Ivo Spazzol (PMDB) foi convidado, mas declinou.
 
“Até a próxima semana, teremos uma definição sobre este assunto”, antecipou Bertoncini. De forma sucinta, o chefe do executivo não se esquivou de falar sobre a polêmica. Sempre educado, mandou o recado:
 
“Uma eleição não pode aleijar ninguém a participar do processo de construção de uma cidade. Convidamos para o governo pessoas capacitadas. Não olhamos sigla, e sim para a possibilidade de agregar, de propor a verdadeira união pelo bem da cidade”, declarou Bertoncini.
 
Para os novos secretários, o prefeito pediu o máximo de empenho, agilidade, harmonia e integração entre os setores. O objetivo, frisou – e por várias ocasiões -, é atender bem o cidadão que paga o salário de cada um.
 
“Demos um passo positivo e importante à modernização da administração, mas estamos longe de ter chego ao modelo definitivo. Isto, na verdade, nem pode existir, porque sempre há onde melhorar. Estaremos, sempre, em constante aprimoramento”, ressaltou.
 
 
Prioridade é a implantação da central de atendimento ao cidadão
 
O grande objetivo das modificações estruturais na prefeitura de Tubarão é privilegiar o cidadão. Como o próprio chefe do executivo, Manoel bertoncini (PSDB), repetiu várias vezes ontem, na posse dos secretários: “O governo tem que ser voltado à população, e não aos partidos políticos”.
E Bertoncini demonstrou toda a energia que cobrará dos secretários ao anunciar as metas. Entre as prioridades, agora, está a criação da central de atendimento ao cidadão. Três locais já foram assinalados como possíveis para abrigar a estrutura. Todos ficam no centro da cidade e têm acesso privilegiado.
Esta central irá alocar vários serviços municipais. É para este lugar que o cidadão deverá ir para resolver problemas com IPTU ou buracos na rua, por exemplo. Outra ação imediata é a intensificação da divulgação das obras já prontas e as que estão em andamento.
“Vou encher a cidade de placas para apontar o que foi feito na minha gestão. Não é achismo, mas um reforço à população que estamos aqui para trabalhar”, completa Bertoncini.
 
 
Os secretários
 
♦ Secretaria de gestão municipal
Estêner Soratto da Silva Júnior
 
♦ Secretaria de governo
Edson Firmino
 
♦ Secretaria de desenvolvimento econômico
Celso Meneghel
 
♦ Secretaria de cultura e esporte
Caio César Tokarski
 
♦ Secretaria de desenvolvimento social 
Vera Stüpp
 
♦ Secretaria de educação
Felipe Felisbino
 
♦ Secretaria de Saúde
Roger Augusto Vieira e Silva
 
♦ Secretaria de infraestrutura
Nilton de Campos
 
♦ Secretaria de segurança e patrimônio
Carlos Eduardo de Bona Portão
 
♦ Secretaria de urbanismo e meio ambiente
Carlos Ghislandi
 
♦ Procuradoria jurídica
Letícia Bianchini da Silva
 
♦ Controladoria
Jacimar Torres