A noite de sábado (5) e a madrugada deste domingo (6) foram marcadas por uma intensa movimentação de pessoas em festas no município de Imbituba. Além disso, o excesso de aglomeração e desrespeito com as normas sanitárias foram práticas flagradas pelos fiscais da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) e pela Polícia Militar.

O comandante da Guarnição Especial da Polícia Militar de Imbituba, tenente-coronel Luiz Carlos Cruz, disse que, nas últimas 24 horas, foram registradas 61 ocorrências de perturbação do sossego e diversas denúncias relacionadas a aglomerações pela cidade. O maior número de casos foi registrado na região da Praia do Rosa.

“Em toda a área de atuação da Guarnição Especial de Imbituba, que compreende os municípios de Imbituba, Garopaba, Imaruí e Paulo Lopes tivemos ocorrências. Somente na região da Praia do Rosa foram 27 registros”, disse o comandante.

Pelo bairro que fica na região norte do município, os fiscais flagraram centenas de pessoas aglomeradas, sem máscaras e desrespeitando o distanciamento social. Segundo a secretária municipal de Saúde, Graciela Wiemes Ribeiro, inclusive, a equipe do município, que trabalhou durante boa parte da madrugada, precisou deixar o local após ter sido coagida por pessoas que frequentavam as festas.

Desde sábado pela manhã, cerca de 30 profissionais do município, apoiados pela Defesa Civil Municipal e pela Polícia Militar, estão percorrendo os bairros de Imbituba na tentativa de orientar as pessoas sobre os riscos das aglomerações em tempos de pandemia. Sete barreiras sanitárias funcionarão até esta segunda-feira (7), duas delas fixas, em Itapirubá e Ibiraquera, e outras cinco itinerantes.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul