Zahyra Mattar
Jaguaruna

Está confirmado a vinda do governador catarinense, Luiz Henrique da Silveira (PMDB), a Tubarão até o dia 20 de janeiro. Na oportunidade, ele assinará a ordem de serviço para a continuidade de uma das obras mais importantes para o sul do estado: a segunda etapa do Aeroporto Regional Sul Humberto Ghizzo Bortoluzzi, em Jaguaruna.

A data foi confirmada neste fim de semana, pelo deputado Edson Bez de Oliveira (PMDB), ao presidente da Associação Empresarial de Tubarão (Acit), Eduardo Silvério Nunes. A maior expectativa está nas novidades que o governador promete trazer à região. Edinho assegurou boas novas quanto à possível inclusão do terminal de cargas, parte removida do projeto da segunda etapa. Mas nada está confirmado. Há possibilidade, inclusive, de uma ordem de serviço paralela, em outra oportunidade, para a construção do terminal.

A ordem de serviço para o início da segunda etapa será dada à construtora Espaço Aberto, de Florianópolis, vencedora da licitação. O orçamento de R$ 6,1 milhões para o empreendimento, cujos valores estão aprovados na peça orçamentária do estado para o próximo ano, diz respeito à construção do terminal de passageiros e núcleo de proteção ao vôo; subestação, abastecimento de água e tratamento de esgoto.

O acesso para o empreendimento – através da BR-101 – será feito pelo governo federal e custará R$ 15,842 milhões. Estes recursos já foram sancionados pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva e fazem parte do Sistema Rodoviário Federal do Plano Nacional de Viação. Agora, o próximo passo é oficializar o convênio, para que o governo do estado então licite e execute a obra. Inclusive, esta oficialização é uma das surpresas que Luiz henrique também poderá trazer para Tubarão, até o dia 20 de janeiro.