Zahyra Mattar
Jaguaruna

Uma das obras mais esperadas pela região sul catarinense será reiniciada este ano. Os R$ 6 milhões que cabem ao estado para a conclusão da obra serão liberados. A confirmação foi repassada ontem à noite, por telefone, pelo deputado federal Edson Bez de Oliveira (PMDB) e reacendeu as esperanças em torno da obra. Segundo o deputado, a obra foi aprovada como prioridade do estado pelo conselho gestor. A reunião ocorreu ontem à tarde, em Florianópolis.

Edinho resolveu intervir na reunião depois de receber a ligação do diretor de transportes da secretaria de infra-estrutura do estado, Dilney Cabral Filho. Telefonou para o governador Luiz Henrique da Silveira (PMDB) e conseguiu sensibilizá-lo quanto à necessidade em investir a parte que cabe ao estado o quanto antes, para que o sul entre na rota das grandes empresas aéreas. “O aeroporto já estava no orçamento do estado para este ano. Agora, com esta sinalização de prioridade, o efetivo investimento está garantido”, comemora Edinho.

O edital de licitação para a obra deverá sair até a metade do ano e compreenderá a construção do terminal de passageiros, o pátio de estacionamento e todos os acessos internos. Paralelamente será feito o balizamento, uma obra que contará com 70% da verba necessária (pouco mais de R$ 1 milhão) advinda da União (o restante, 30%, é a contrapartida do estado). “O terminal de cargas será feito em seguida. A prioridade não é apenas a obra em si, mas colocar o aeroporto em funcionamento”, pondera o deputado, sem descartar, porém, o início das obras do terminal de cargas ainda este ano.

Sobre o acesso ao empreendimento, cuja verba virá do governo federal, Edinho é enfático. Afirma que a aprovação da prioridade pelo estado reforça o compromisso da União. “O orçamento da União para este ano ainda não foi aprovado. O aeroporto é uma das obras que constam no documento. Agora, como temos a garantia do investimento por parte do estado, será mais fácil trazer os R$ 13 milhões do acesso”, avalia o deputado.