Com a pandemia do coronavírus o aeroporto de Jaguaruna parou de receber voos comerciais. As empresas que operam são Latam e Azul com linhas para São Paulo.

De acordo com o diretor da RDL Aeroportos, André Costanzo, a previsão de volta da Latam era para 1º de maio, mas por conta da da baixa demanda, a empresa adiou para 1º de junho.  A Azul mantém a volta dos voos para 1º de julho.

Mesmo com o aeroporto recebendo aeronaves particulares e das forças armadas, André diz que o prejuízo é grande para toda a cadeia produtiva.

“Turismo deixa de receber pessoas, não há aluguel de carros, restaurantes fechados porque não têm demanda e tudo mais que envolve os trabalhos no aeroporto”.

As datas informadas pelas empresas não são certeza de que os voos estão garantidos, porque não há como prever a demanda de passageiros.