Os advogados de defesa de Lula vão apresentar nesta segunda-feira (24) um recurso ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) para que o ex-presidente seja autorizado a gravar vídeos para a campanha de Fernando Haddad, candidato do PT à Presidência da República. 

 

De acordo com a coluna “Painel”, da Folha de S.Paulo, a ideia é que os filmes sejam produzidos na próxima quinta-feira (27), durante o horário de visitas à carceragem de Lula na sede da Polícia Federal em Curitiba, no Paraná.