Advogadas de Braço do Norte dão exemplo do que é empatia e apoio a causas femininas. Elas se reuniram em um evento para falar sobre o desafio de romper as barreiras da profissão efortalecer vínculos para tornar mais fácil o dia a dia de uma mulher profissional, mãe, esposa, filha, dona de casa, empreendedora e que sempre está correndo atrás do equilíbrio emocional.

De acordo com Marta Neckel, presidente da Comissão da Mulher Advogada da Subseção de Braço do Norte, elas estão unidas para levantar a bandeira do apoio, conexões e sororidade (empatia e união entre mulheres). 

“Aqui em nossa Comarca, queremos começar acendendo a luz da sororidade por nós mulheres advogadas. Precisamos perceber que juntas somos mais fortes, que a concorrência inevitável do dia a dia é somente dentro dos processos. A acolhida e ajuda a uma colega não só é um ato que nos torna melhores como é um ato que nos tornará mais fortes, pois entendo que precisamos nos apoiar”, disse Marta.

Ela reuniu as mulheres em um evento na noite de terça feira (10), durante a semana que ainda se comemora o Dia Internacional da Mulher. As mulheres participaram de uma palestra sobre “Sororidade e Saúde Mental da Mulher”, promovida pela psicóloga Daniela W. Wessler. O objetivo do evento foi reunir as profissionais numa confraternização em alusão a data, tão significativa quanto reflexiva, mas também, propagar a união e a empatia entre as parceiras de profissão.

Marta diz que esse encontro faz parte de uma série ações para manter a união entre as advogadas. “Estamos com muitos projetos sociais em analise e disponíveis pela Comissão. Quando mulheres se apoiam, coisas incríveis podem acontecer.”