Encontro, ontem, entre os parceiros, serviu para avaliar o primeiro mês de trabalho e para ampliar as ações   -  Foto:Cristiano Soares/Prefeitura de Tubarão/Notisul
Encontro, ontem, entre os parceiros, serviu para avaliar o primeiro mês de trabalho e para ampliar as ações - Foto:Cristiano Soares/Prefeitura de Tubarão/Notisul

 

Tubarão
 
Após um mês de ações conjuntas nas proximidades da Unisul, no bairro Dehon, em Tubarão, entre a Guarda Municipal (GM) e as polícias Militar e Civil, representantes das instituições reuniram-se ontem para ampliar as ações que visam proporcionar maior segurança à comunidade acadêmica.
 
A iniciativa de pedir o reforço foi da própria universidade, devido ao grande fluxo de pessoas, principalmente à noite, que circula nas imediações da Unisul. Desde então, GMT e PM fazem rondas diárias na localidade. 
 
Nos horários de maior movimento, a GM disponibiliza viaturas para ficar de plantão na Ponte Pênsil e na entrada dos blocos. Além da segurança, os guardas também passaram a fiscalizar os motoristas que estacionam de forma irregular e atrapalham o trânsito.
 
O departamento de fiscalização da prefeitura também verificou todos os alvarás de estabelecimentos comerciais e conferiu se os horários de funcionamento são cumpridos. A ação será contínua, garante o inspetor da Guarda Municipal, Robson Viana.
 
De acordo com a diretora do campus de Tubarão, Milene Kinderman, estas ações são partes de um programa que visa orientar e aumentar a segurança dos acadêmicos, porém é algo que vai ser expandido para os bairros próximos.
 
O curso de comunicação social fará, nos próximos dias, uma cartilha educativa de segurança pessoal, que será distribuída a alunos e comunidade. “Com esta parceria, vamos contribuir ainda mais para ter uma universidade e um  bairro seguros”, valoriza o coordenador de curso, professor Ildo Silva da Silva.