Os últimos dias da Campanha Nacional de Vacinação Contra Influenza serão marcados com ações específicas em Criciúma. A medida visa alcançar categorias que seguem com baixa adesão em 2020, como gestantes, puérperas, crianças e professores.

Deste terça (23) a sexta-feira (26) localidades definidas pela Secretaria de Saúde serão atendidas em pontos e horários específicos, além dos serviços nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). “Nossa preocupação fez com que adotássemos essas ações na reta final da campanha. É uma vacina importante e precisamos que as pessoas estejam cada vez mais cientes disso. Os números hoje são baixos em determinadas categorias, mas acreditamos que com essa força-tarefa possamos atingir as metas do município”, destaca a técnica em Enfermagem do Setor de Imunização do município, Kelli Barp Zanette.

No sábado (27) será realizado o dia D de vacinação contra influenza. Das 8h às 17h ficarão abertas as UBSs dos seguintes bairros: Mina do Mato, São Luiz, Santa Bárbara, Rio Maina, Boa Vista, Pinheirinho, Mineira Velha, Vila Belmiro, Manaus, São Sebastião, Quarta Linha, Renascer, Sangão, Cristo Redentor, Próspera, Centro e Metropol.

Nas localidades em que as unidades não estarão abertas no sábado, um veículo da Secretaria de Saúde circulará durante o dia para a realização das vacinas. “Vamos comunicar no momento em que estivermos nessas comunidades, mas desde já pedimos para que as pessoas que se enquadrem na campanha e que ainda não foram vacinadas estejam preparadas”, acrescenta Kelli.

Em 2020, os contemplados da Campanha Nacional de Vacinação Contra Influenza foram idosos, profissionais da saúde, militares, policiais civis, caminhoneiros, motoristas e cobradores de transporte coletivo, agentes penitenciários, pessoas privadas de liberdade, pacientes com comorbidades, gestantes, puérperas, pessoas com deficiências, crianças acima de seis meses e que não completaram seis anos, professores e pessoas entre 55 e 59 anos, sem comorbidades.