O dia 8 de março é internacionalmente reconhecido como o Dia da Mulher. Em Criciúma, o Conselho Municipal de Direitos das Mulheres (CMDM) já começou a discutir ações que visam a conscientização e a valorização da população feminina. Em reunião realizada nesta semana no Paço Municipal Marcos Rovaris, três atividades já foram deliberadas.

No dia 7, o conselho participará de um evento na Praça Nereu Ramos, alusivo à data e promovido pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Nesse mesmo dia, será realizada uma panfletagem com a participação do Núcleo de Prevenção às Violências e Promoção de Saúde (Nuprevips). O evento ocorrerá das 10h às 12h, na praça de Santa Luzia, localizada na Avenida Universitária. O convite também será estendido para outras instituições.

Já no dia 23 de março, será realizada uma palestra com o tema ‘Saúde Mental da Mulher’. O encontro será às 14h, no Salão Ouro Negro, no Paço Municipal Marcos Rovaris. “É muito importante a gente trabalhar a prevenção e a conscientização, tanto das mulheres, quanto dos homens. Outros conselhos de outras cidades também já têm feito isso, pois é fundamental para a garantia de direitos”, disse a presidente do CMDM, Juliane Abel Barchinski.