Amanda Menger
Tubarão

A liberação dos recursos para a construção do acesso ao Aeroporto Regional Sul, Humberto Ghizzo Bortoluzzi, está mais próxima. Isso é o que garante a senadora catarinense Ideli Salvatti (PT). A proposta que altera a lei 5.917, e aprova o Plano Nacional de Viação (PNV), deve ser analisada hoje ou amanhã, na Comissão de Transportes da câmara dos deputados.

“O projeto já passou pelo senado e foi aprovado, agora só falta esta última comissão aprovar. Depois, o projeto vai à sanção do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Com a assinatura do presidente, podemos conseguir a liberação dos recursos previstos no orçamento em decorrência daquela emenda parlamentar que eu apresentei no ano passado”, explica a senadora.

Com a liberação dos R$ 15 milhões previstos no orçamento da União, o Departamento Nacional de Infra-Estrutura (Dnit) poderá licitar a obra. “Precisamos aprovar estas mudanças no PNV. Sem isso, o governo não pode começar a construção da rodovia. O trecho entre o aeroporto e a BR-101 é municipal e vamos federalizá-lo”, esclarece Ideli.

A expectativa, segundo a senadora, é licitar a obra e iniciá-la ainda este semestre. “Foi o que combinamos. O governo do estado daria seguimento a parte civil, com o terminal de passageiros, núcleo de proteção ao vôo, e o governo federal com o acesso. A intenção é fazer os dois projetos andarem ao mesmo tempo, para que sejam concluídos na mesma época e é o que vamos fazer”, assegura.

Licitação
As propostas das empresas interessadas em realizar a segunda etapa serão conhecidas no dia 8 de agosto. Esta etapa inclui terminal de passageiros e núcleo de proteção ao vôo; subestação, abastecimento de água e tratamento de esgoto, com custo previsto de R$ 6 milhões.

Depois de abertos os envelopes com as propostas, as empresas participantes da licitação têm 30 dias para entrar com recurso. Caso não haja empecilhos, a ordem de serviços poderá ser assinada em setembro. O prazo de execução é de dez meses, e a expectativa é que o aeroporto esteja operando em julho de 2009.