Andréa Raupp Alves
Tubarão

Como ocorre a cada dois anos, o projeto para renovar a comodata das obras do artista plástico Willy Zumblick está na pauta da sessão extraordinária na câmara de vereadores de Tubarão, hoje. E tem tudo para ser aprovado. O objetivo do acordo é que todas as obras que compõe o acervo do Centro Municipal de Cultura – Museu Willy Zumblick, sejam cuidadas e expostas pela prefeitura de Tubarão.
Os bens patrimoniais e artísticos de Zumblick serão repassados por meio de um contrato de cessão de uso e guarda (comodata). “São todas as telas, esculturas e demais materiais que estão expostos no CMC”, explica a secretária de cultura, esporte e turismo da prefeitura, Alba Lígia Köening Pires.

Ao todo estão expostos 72 quadros, dez estatuetas de gesso e 120 outras peças, entre indumentárias e troféus. “Além de estarem bem cuidadas, sabemos da importância que este acervo representa para a história da cidade e da região”, destaca uma das filhas do artista plástico, Maria Eliza Zumblick Gelosa.
Conforme o projeto, as peças e telas serão usadas exclusivamente para exposições no museu, onde serão desenvolvidas também atividades educacionais, divulgação, promoção e valorização das obras de Willy Zumblick.

companhe
A sessão extraordinária da câmara de vereadores de Tubarão hoje, às 8h30min. A votação também pode ser acompanhada pela internet, no endereço www.camaratubarao.sc.gov.br.

Museu Zumblick

No próximo ano, o município apresentará, junto ao Ministério da Cultura, um projeto a fim de conseguir recursos para transformar a casa onde o artista plástico Willy Zumblick morava em um museu. “A intenção é mostrar a vida do artista, algumas telas ainda na fase inicial, prospectos e suas poesias”, adianta a secretária de cultura, esporte e turismo da prefeitura de Tubarão, Alba Lígia Köening Pires.