#Pracegover foto: na imagem há um absorvente e duas mãos
#Pracegover foto: na imagem há um absorvente e duas mãos

A Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) aprovou na última terça-feira (21) o projeto de lei que visa a criação do programa de distribuição gratuita de absorventes higiênicos para estudantes de baixa renda matriculadas na rede pública estadual de ensino de Santa Catarina.

A proposta teve como autor o Poder Executivo do Estado e foi aprovada por deputados catarinenses. A distribuição dos absorventes às alunas ocorrerá durante o ciclo menstrual delas. Para a Secretaria de Estado da Educação (SED) o programa “busca garantir o bem-estar das estudantes para o desenvolvimento das atividades escolares e de aprendizagem”.

Isso porque algumas alunas deixam de frequentar a escola por dias durante o período menstrual, o que contribui para a evasão escolar. Para receber o auxílio, as alunas devem integrar núcleos familiares inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico)  do Governo Federal.

A entrega dos absorventes será realizada pela equipe gestora de cada escola, que deve destacar um servidor público efetivo para a ação. A rede de ensino também deve promover palestras e ações de conscientização às estudantes sobre a menstruação.

Ao todo serão destinados R$ 4,3 milhões para o programa, que atenderá cerca de 180 mil alunas maiores de 10 anos. A distribuição começará a ser feita em 2022 com a compra inicial de 600 mil absorventes.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul

Fonte: NDMais