#Pracegover Foto: na imagem há um idoso segurando uma bengala
#Pracegover Foto: na imagem há um idoso segurando uma bengala

Mais um idoso dos Abrigo dos Velhinhos foi a óbito nesta sexta-feira (8), em Tubarão. Esta é a 5ª morte desde o dia 18 do mês passado de um interno da instituição decorrente da Covid-19. A unidade enfrenta um surto da doença. Além dos idosos há informações que funcionários também foram infectados.

Do último sábado (2) até esta sexta-feira, foram quatro mortes. Há ainda quatro idosos internados no Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC), na Cidade Azul e outros idosos seguem em isolamento na casa. Como a instituição abriga mais de 30 internos, há a possibilidade que outros moradores possam estar com a doença.

No início da pandemia a instituição abrigava cerca de 40 idosos. Porém, este número vem caindo com as mortes registradas desde o meio do ano passado. Até agora foram nove óbitos. Desde março as visitas estão proibidas e com isso, voluntários e familiares não podem ter acesso ao local.

Segundo uma voluntária, foi alegado que nem todos vieram a óbito por causa do coronavírus. De acordo com a mulher, os idosos estavam desnutridos e desidratados e desta forma, abandonados à própria sorte. “As mortes mais recentes foram confirmadas como Covid-19. A doença não deveria ter entrado na instituição. Tivemos o relato que uma enfermeira foi afastada de suas funções em um hospital da região por ter sido diagnosticada com a Covid, mas continuou trabalhando no Abrigo dos Velhinhos”, destaca.

Desde o final de outubro do ano passado o Notisul traz matérias referentes as denúncias contra o asilo. Conforme os denunciantes, os internos sofrem há anos com desnutrição, desidratação e falta de cuidado. Voluntários afirmam que os maus-tratos não eram percebidos inicialmente, no entanto, aos poucos pôde ser percebido por muitos. Os internos de acordo com os denunciantes não têm o direito de ficar com nem menos 30% dos salários.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul