De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE) divulgados em 2020, mais de 10 milhões de pessoas têm algum problema relacionado à surdez, ou seja, 5% da população é surda. Entre essas pessoas, 2,7 milhões não ouvem nada.

Outro dado da Organização Mundial da Saúde (OMS) diz que a estimativa é de que 900 milhões de pessoas no mundo todo podem desenvolver surdez até 2050.

Números tão expressivos assim apenas evidenciam que a inclusão das pessoas com deficiência auditiva é não só necessária, como urgente, e o quanto a disponibilidade do atendimento em Libras (Língua Brasileira de Sinais) é de igual importância.

Infelizmente, este tipo de atendimento em grande parte das empresas que o oferecem é realizado através de chatbots, o que facilita, mas ainda não resolvem problemas mais complexos compreendendo as necessidades dos surdos e deficientes auditivos. E sites como o Abri.com.br, que possui um banco de dados com os telefones, ouvidorias e outras formas de atendimento de diversas empresas, demonstram que de fato ainda são poucas as organizações que estabelecem uma forma efetiva de contato em Libras.

 

Empresas que atendem em Libras

Em uma iniciativa recente, a Magazine Luiza, uma das redes varejistas mais valiosas do Brasil, criou um canal de atendimento exclusivo em Libras, em parceria com a startup Pessoalize.

Através do canal, o consumidor poderá realizar um atendimento pós-venda por videochamada, com uma equipe formada majoritariamente por surdos treinados para atender em Libras.

Outras empresas que também possuem canais especializados são a Tim, com uma central de intermediação em Libras; a Samsung, que possui uma ferramenta “Hand Talk” de tradução para Libras, para que pessoas surdas ou com deficiência auditiva tenham acesso a todos os conteúdos disponíveis na plataforma e também uma forma de contato via videoconferência; a Vivo, com um atendimento por videochamada ou webchat com intérpretes de Libras; e a Vans, um exemplo de e-commerce que também utiliza a plataforma da startup Pessoalize para realizar o atendimento em Libras.

 

A importância da inclusão

As empresas têm um papel fundamental na construção de um mundo mais acessível, por serem capazes de dar exemplos para as outras organizações.

Ao oferecer condições de inclusão para pessoas com deficiência auditiva que são completamente surdos e necessitam utilizar a Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) para se expressar, as empresas estarão contribuindo significativamente para um ambiente inclusivo.

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul