Serginho, mais conhecido como o MC Créu, quase perdeu mais uma de suas dançarinas, de acordo com o jornal O Dia. Chateada com o cachê baixo que recebia pelos shows, Daiane Cristina, a Mulher Jaca, pensou em abandonar o funkeiro. O motivo é o mesmo que fez Andressa Soares, a Mulher Melancia, afastar-se do grupo.

“Sentamos e pedi aumento. Não fazemos mais shows por quantidade para ganhar dinheiro, e sim por qualidade. Antes eram oito por noite, agora são três. Cheguei a chorar por causa disso. Entramos num acordo e já estou recebendo mais”, conta Daiane.