2 de outubro: igreja celebra os Anjos da Guarda

Segundo a igreja católica, anjo da guarda é aquele que tem a função de proteger das tentações, do pecado e nos amparar

O Dia do Anjo da Guarda é comemorado anualmente em 2 de outubro. Nessa data, são lembrados os anjos protetores de cada pessoa, conforme prega o Catolicismo.

Conforme o vigário da Paróquia Nossa Senhora da Piedade, em Tubarão, Willian de Jesus, os anjos são seres espirituais, dotados de inteligência e de vontade, que estão presentes ao longo de todo a Bíblia de Gêneses a Apocalipse. “De acordo com a palavra de Deus, os anjos estão diante de Deus contemplando face a face e servindo para sempre. Dentre todos os anjos, a Bíblia nomeia três, Miguel, Rafael e Gabriel, que são os arcanjos. Na igreja católica acreditamos que cada um recebeu um anjo da guarda que nos conduz, nos guia e protege. Isso a partir do nosso batismo”, enfatiza.

O padre pontua que a Bíblia menciona em várias passagens a presença dos anjos. Entre elas, o sacerdote destaca quando Jacó, em Betel contempla os anjos subindo e descendo por uma escada. No Livro de Tobias, a passagem expõe que Tobias é guiado pelo Arcanjo Rafael até a sua futura esposa, a Sara e no novo testamento, o Arcanjo Gabriel levando a mensagem da encarnação do nascimento de Jesus a nossa senhora, Maria. Além disso, quando os anjos anunciam a ressurreição de Jesus nos evangelhos e também quando guiam os apóstolos no início da história da igreja. Ele também se refere a grande batalha que acontecerá no fim dos tempos, onde os anjos serão liderados por Miguel, que será responsável pela vitória contra satanás e os seus seguidores.

Sobre a mensagem principal dos anjos, o padre expõe que de forma teológica, esses seres apontam para Deus, a sua vida é exclusivamente voltada para Deus e quando Jesus se encarna ao serviço. “É muito interessante porque os anjos acompanham toda a vida de Jesus. Eles estão presentes no deserto e fazem companhia no Getsêmani, consolando na hora da dor e da aflição”, conta.

Ele ainda assegura que, a grande mensagem é que enquanto na história há momentos difíceis, complicados, de trevas e escuridão há sempre pessoas que conseguem enxergar seres luminosos. “A mensagem é esta, seres que apontam para a luz, para a esperança. Quando se acredita que está tudo perdido há uma vocação no ser humano, que sabe que a as coisas não se encerram aqui e agora. Que para além das trevas e escuridão sempre há luz, esperança e vida renascendo. A palavra anjo em grego, ángelos significa mensageiro. São aqueles que portam e levam uma mensagem. Essa mensagem é sempre de esperança. Por isso, que acreditar neles é crer na mensagem que eles portam e que é sempre de esperança”, finaliza.

A criação da data foi autorizada pelo Papa Clemente X e somente depois foi divulgada publicamente pelo papa Paulo V. Antes de ser estabelecida oficialmente essa data, o que aconteceu em 1670, era no dia 29 de setembro que se comemorava o dia dos anjos. Isso porque no dia 29 de setembro é celebrado o dia dos Arcanjos Miguel, Rafael e Gabriel.