terça, 19 de novembro de 2019
Facebook Instagram Twitter Youtube
48 3053-4400

Geral

Audiência sobre instalação dos postos de pedágio no Sul de SC é promovida em Tubarão

Evento ocorre neste momento na Arena Multiuso. Objetivo é ouvir a comunidade, coletar informações e sugestões. O planejamento é que sejam instaladas praças em Laguna, Tubarão (divisa com Treze de Maio e Jaguaruna), Araranguá (divisa com Maracajá), e São João do Sul (com Passo de Torres). Proposta gera muitas críticas e indignação entre a população e lideranças da região

Publicado em 08/11/2019 10h24

Audiência sobre instalação dos postos de pedágio no Sul de SC é promovida em Tubarão

A Comissão de Transportes e Desenvolvimento Urbano promove neste momento na Arena Multiuso Estêner Soratto da Silva, em Tubarão, uma audiência pública para debater a instalação de quatro praças de pedágio no trecho sul da BR-101, entre Laguna e São João do Sul, na divisa com o Rio Grande do Sul.


O leilão do trecho da rodovia está previsto para ocorrer até o fim deste ano e o planejamento da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), órgão que regula a malha rodoviária brasileira, é que sejam instaladas praças de cobrança em Laguna (km 298), Tubarão, divisa com Treze de Maio e Jaguaruna (km 346), Araranguá, divisa de Maracajá (km 408), e São João do Sul, divisa com Passo de Torres (km 460).


O deputado Volnei Weber (MDB), proponente da audiência pública, afirma que o objetivo principal é ouvir a comunidade, coletar informações e sugestões. “Não posso deixar que a região Sul seja prejudicada com a instalação de mais pedágios. Não sou contra parcerias público-privadas, pois sei a importância delas para o desenvolvimento da região Sul, mas não posso concordar com instalações excessivas de praças de pedágio e com valores absurdos, especialmente entre trechos de curta distância.” Weber diz que se fossem duas praças de pedágios até seria aceitável, mas quatro com mais uma já existente é uma proposta descabida.


As projeções indicam que as cobranças devem ser de até R$ 5,19. A proposta, disse Weber, vem gerando muitas críticas e indignação entre a população e lideranças da região, tendo em vista que o trecho da BR-101 entre Florianópolis e o limite com o Paraná, que perfaz uma distância maior (240 km), possui apenas três praças de pedágio e o valor cobrado aos motoristas é de apenas R$ 2,70.


“Em um primeiro momento, estamos simplesmente brigando e lutando por igualdade”, declarou. “Dizem que pode até baixar esse valor de R$ 5,19 com o leilão do trecho, mas pode ser que fique. Esse valor não atende a realidade do sul catarinense, ainda mais que acabamos de receber a duplicação da rodovia, por isso a importância deste debate em audiência pública.”


Segundo o deputado, a BR-101 no trecho Sul está em boas condições, faltando apenas a manutenção. “Então não é preciso investir R$ 7 bilhões, situação que faria a tarifa dos pedágios ser alta.”


Foto: Marcelo Becker


VOLTAR
Banner ServerDo.in
Banner ServerDo.in
Notisul - Um Jornal de Verdade
LIGUE E ASSINE (48) 3053-4400 Rua Ricardo José Nunes, 346 - Jardins de Pádova - Santo Antônio de Pádua - CEP: 88701-571 - Tubarão/SC
Copyright © Notisul - Um Jornal de Verdade 2019.