quinta, 22 de agosto de 2019
Facebook Instagram Twitter Youtube
48 3053-4400

Geral

Voluntários salvaram 350 animais em Brumadinho

Trabalho foi realizado da missionários da Fraternidade – Federação Humanitária Internacional (FFHI). Eles já haviam trabalhado na tragédia de Mariana

Publicado em 01/03/2019 16h50

Voluntários salvaram 350 animais em Brumadinho

Pelo menos 348 animais foram resgatados vivos do crime ambiental de Brumadinho, que completou um mês no último dia 25 – e infelizmente não contabilizou tantos resgates de seres humanos assim…


O balanço é da Vale, responsável pela Barreira do Córrego do Feijão, que se rompeu e despejou um mar de lama com rejeitos e poluiu a região.


Do total de bichos, quase 300 cães, gatos, bovinos, equinos, aves e répteis foram atendidos por psicólogos e veterinários voluntários, que são missionários da Fraternidade – Federação Humanitária Internacional (FFHI). (vídeos abaixo)


Eles ajudaram no apoio psicológico às pessoas atingidas, resgate e também socorro a animais. A experiência de logística humanitária usada, eles trouxeram de outro desastre semelhante, o de Mariana, em 2015, onde também atuaram.


“Nossa missão não é de ‘front’, mas ela agiliza os trabalhos de urgência, garantindo a organização, controle, validade e fluxo de estoques e materiais de primeiros-socorros.


São ações de pouca visibilidade, mas fundamentais para que veterinários e voluntários cumpram bem seus objetivos,” explica o coordenador das missões humanitárias da FFHI, Ricardo Baumgartner.


O trabalho


O trabalho veterinário contou com um hospital montado pela Vale e equipado para receber animais de pequeno e grande porte, com dois centros cirúrgicos, laboratório, equipamentos de ultrassom e raio-x.


Na estruturação do trabalho, a equipe da FFHI utilizou técnicas desenvolvidas no Parque Francisco de Assis, em Lavras (MG), projeto ligado à entidade reconhecido por avanços nos cuidados com animais.


“Trouxemos de lá o método de organização para resgate e cuidados, em especial aos cães, assim como os sistemas de manutenção das áreas onde os animais são atendidos e alimentados,” explica o voluntário Rafael.


Outro voluntário, Juan, lembra que o trabalho seguiu a mesma linha de Mariana, só que desta vez a necessidade era muito maior:


“A organização que trazemos de experiências anteriores certamente foi nossa melhor contribuição em meio ao caos, já que em muitos momentos vidas dependiam de nossa presteza e eficiência”.


Os ‘cachorros-bombeiros’ que atuaram na busca também foram atendidos diariamente depois de árduas jornadas de trabalho.


Os animais recebiam banho e cuidados básicos da equipe da FFHI.


“Outro aspecto que ajudou de forma sutil foi a nossa disciplina e calma, mesmo naquele contexto. Nosso treinamento certamente contribuiu para quem atuava sob forte pressão emocional e emergencial”, conclui Juan.


Valores e experiência


A Missão Brumadinho é 22ª. mobilização humanitária que a FFHI realiza desde 2011, em situações de emergência como terremotos, inundações, incêndios, assistência a refugiados de guerras, fome e crises político-econômicas.


As missões da FFHI, financiadas exclusivamente por doações, já beneficiaram 16 países da Ásia, África, América Central e América do Sul.


No Brasil, onde a entidade tem sua sede, Brumadinho foi a quinta missão realizada.


História


Fundada em 1990 e sediada em Carmo da Cachoeira (MG), a Fraternidade é uma rede global de caráter filosófico, cultural, humanitário, ambiental e beneficente, com mais de 60 mil voluntários espalhados pelo  mundo que trabalham pela propagação da paz.


Congrega 21 associações civis, nacionais e internacionais, com grupos coligados que atuam em 18 países.


Entre suas principais atividades estão missões humanitárias em situações críticas em diversas regiões do mundo, com missões realizadas em países como Quênia, Congo, Nepal e Turquia.


A principal Missão da Fraternidade em andamento atua em Roraima, em apoio a centenas de refugiados que chegam diariamente da Venezuela.


De ação independente e neutra, a Fraternidade atua sem vínculos políticos ou econômicos e é não-sectária, acolhendo todos os credos, culturas e religiões. Todas as atividades são financiadas por doações.


Fonte: Com informações do Só Notícia Boa
VOLTAR
Banner ServerDo.in
Banner ServerDo.in
Notisul - Um Jornal de Verdade
LIGUE E ASSINE (48) 3053-4400 Rua Ricardo José Nunes, 346 - Jardins de Pádova - Santo Antônio de Pádua - CEP: 88701-571 - Tubarão/SC
Copyright © Notisul - Um Jornal de Verdade 2019.