#Pracegover Foto: na imagem há um homem de bermuda nranca, camiseta azul e boné claro. Há o mar, montanhas, pedras e casas
As buscas por Michel Ricardo Barbosa, de 25 anos, foram feitas durante 18 dias ininterruptos. - Foto: Instagram

Os trabalhos de buscas do Corpo de Bombeiros ao jovem Michel Ricardo de Moraes Barbosa, de 25 anos, desaparecido por volta das 15h, do último dia 14, nos Molhes da Barra, em Laguna, completam 13 dias nesta quarta-feira (26). Michel estava acompanhado de um grupo de amigos quando a embarcação que eles estavam naufragou.

No dia 14 de janeiro, uma embarcação com sete tripulantes naufragou nas águas da Cidade Juliana. O Corpo de Bombeiros conseguiu resgatar seis pessoas com vida. Posteriormente ao resgate, duas pessoas vieram a óbito, o pai do jovem desaparecido e vereador em Caçador, no Oeste do Estado, Ricardo de Moraes Barbosa, de 48 anos, e o amigo da família Deivid Fernandes, 29 anos, o Jabu. Ambos foram retirados da água em grau 6 de afogamento, considerado o nível máximo pelos socorristas, e não sobreviveram.

De acordo com o capitão dos bombeiros Edvaldo Machado os quatro homens que  foram salvos estavam agarrados na embarcação. Eles estavam sem o colete salva-vidas e não sabiam nadar. Segundo o comandante Corpo de Bombeiros, Henrique Schuelter, não há previsão para encerrar a procura pelo desaparecido. Geralmente os trabalhos iniciam por volta das 7 e são encerrados todos os dias às 19h. “As buscas seguem porque, pelo cenário-base que temos instaurado aqui, ainda tem uma pequena chance. Cada dia ela está ficando menor, mas ainda tem uma pequena chance de ele vir para superfície, se é o caso. Se ele estiver ainda pela região”, explicou.

Um inquérito administrativo para apurar as circunstâncias, causas e a responsabilidade do ocorrido foram abertos pela Delegacia da Capitania dos Portos em Laguna. O órgão enviou uma nota de atualização nesta terça-feira (25) sobre o caso. “Quanto ao inquérito, o mesmo encontra-se em andamento, em fase de análise de dados e de levantamento de testemunhas para serem ouvidas em depoimento”, informou.

O pai e o amigo de Michel foram velados no plenário da Câmara Municipal de Vereadores de Caçador, no domingo (16). Ambos foram sepultados no mesmo dia. Na ocasião, a Casa Legislativa de Caçador lamentou a morte do parlamentar em nota divulgada nas suas redes sociais: “Ricardo passava férias com familiares e amigos no sul do Estado e fazia um passeio de lancha, quando, infelizmente, a embarcação virou e acabou vitimando tanto vereador Ricardo quanto amigo Deyvid Fernandes”, diz o texto.

As buscas ocorrem nos Molhes e os envolvidos na força-tarefa fazem buscas até Jaguaruna, pelo lado Sul, e até Garopaba, pelo lado Norte. As tentativas enfrentam várias dificuldades, como condições climáticas e marítimas. Além disso, os bombeiros destacados para a operação têm de lidar com informações desencontradas de pessoas que, alegando terem visto um possível corpo, entram em contato com a corporação e passam localizações inexatas ou que não levam a lugar nenhum.

Para realização dos trabalhos, são empenhadas embarcações com mergulhadores do Corpo de Bombeiros Militar. Além disso, há o apoio de uma embarcação da Marinha Do Brasil e da aeronave Águia da Policia Militar que sobrevoa toda região do naufrágio.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul