Programação diferenciada, proposta pelos hotéis termais da região, fez com que as reservas fossem altas para esta época. Em alguns, há até fila de espera em caso de possíveis desistências.
Programação diferenciada, proposta pelos hotéis termais da região, fez com que as reservas fossem altas para esta época. Em alguns, há até fila de espera em caso de possíveis desistências.

Angelica Brunatto
Tubarão

O 'feriadão' do trabalhador começa hoje para quem também conseguiu uma folguinha na próxima segunda-feira. Serão quatro dias de descanso, mas também de frio. Mesmo assim, a rede hoteleira da região registra uma procura acima da média.

Nos hotéis termais de Tubarão e Gravatal, não há mais vagas. "Temos até fila de espera para caso ocorra alguma desistência", comemora o gerente do Hotel Termas da Guarda e presidente do Convention & Visitors Bureau de Tubarão e Região, Ivan Cardoso.

Segundo ele, a chegada do frio muda o foco do turismo na região. "As pessoas saem das praias, para virem se aquecer nas águas termais", compara. Além dos empreendimentos termais, os hotéis fazenda também são muito procurados. Especialmente os que dispõem de uma programação diferenciada e familiar.

No Hotel Internacional de Gravatal, por exemplo, além da água termal, o turista tem uma infinidade de atividades diferenciadas e para todas as faixas etárias.
Nos municípios litorâneos, a movimentação é menor, mas não tão pequena como se imagina. A rede hoteleira de Laguna e Imbituba registra cerca de 60% de reserva.

Por outro lado, é estimado que no Farol de Santa Marta, reduto do surfe faça frio faça calor, todas as pousadas registrem 100% de ocupação. "É o ponto de encontro do público jovem. Eles com certeza terão os quatro dias para se divertir", avalia o empresário Petterson Crippa, de Laguna.

Em Imbituba, o maior movimento deve ocorrer na praia do Rosa. "As pessoas vão mesmo para descansar e usufruir da gastronomia e atividades diferenciadas", aponta o assessor geral da secretaria de turismo da prefeitura, Romeu Pires Filho. "A lotação deve ser superior a 80%", completa.

Região rica, turismo promissor

Quem passeia ou vive na região pode usufruir dos mais diversos atrativos. Em Gravatal e Tubarão, por exemplo, existem as águas termais e o comércio.
Nas duas cidades, a terceira idade é público já cativo na rede hoteleira e começa a dividir espaço aos fins de semana com casais e muitas famílias. Todos buscam os empreendimentos apenas para passar o dia e desfrutar da comodidade dos hotéis.

Em Garopaba e Imbituba, o público não muda tão radicalmente. Isto porque as ondas perfeitas para a prática de esportes, como o surfe, atraem mais jovens.
Contudo, as duas cidades saem na vantagem na baixa temporada, quando a baleia franca impera no mar e faz a festa de jovens, grupos de terceira idade e famílias em terra.