Imbituba

A quarta-feira amanheceu fria e ensolarada em Imbituba, mas ainda com ondas muito pequenas para a continuação do Hang Loose Santa Catarina Pro. Apesar da boa formação, as séries não passavam de meio metro de altura na Praia da Vila e a terceira fase foi adiada pela terceira vez. São grandes as chances da etapa brasileira do ASP World Tour ser reiniciada hoje.

A próxima chamada foi anunciada para as 7h30min e a expectativa é de que Bede Durbidge entre no mar às 8 horas com o tahitiano Michel Bourez, para fazer a sua segunda defesa do título do Hang Loose Santa Catarina Pro conquistado no ano passado na Praia da Vila, em Imbituba.

“Nesta manhã (ontem) estamos com as menores ondas desde o início do campeonato, sábado, por isso, foi cancelado mais uma vez”, explicou Perry Hatchett, juiz-chefe do ASP Tour que integra a comissão técnica capitaneada pelo diretor de prova Xandi Fontes. “Estamos monitorando o swell (ondulação) que está chegando com ótima direção para podermos reiniciar o campeonato amanhã (hoje). Pela manhã, faremos uma nova avaliação do mar para decidirmos”, reforça.

Com o terceiro adiamento seguido do Hang Loose Santa Catarina Pro 2009, alguns surfistas entraram no mar para treinar mesmo nas ondas pequenas. Um deles foi o paulista Adriano de Souza, atual número 5 do ranking mundial, que disputará classificação para as oitavas-de-final na quarta bateria da terceira fase, contra o experiente sul-africano Greg Emslie. Os dois já se enfrentaram esse ano nesta mesma fase na primeira etapa da temporada na Gold Coast, Austrália, onde o Mineirinho do Guarujá chegou à sua primeira final no ASP World Tour.

“Independente das condições das ondas, estou sempre de olho e treinando”, disse Adriano de Souza. “Espero que as ondas melhorem daqui para frente e que a Vila possa brilhar novamente como nos primeiros dias”, destacou Mineirinho.