Maycon Vianna
Tubarão

A nova reitoria, que assumiu ontem a Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul), assume o compromisso de expandir os projetos voltados à cultura, difusão de conhecimentos, e aposta no aumento dos investimentos para a área de esportes. “Temos duas modalidades bastante importante, mas o esporte de rendimento, como o vôlei, futsal, natação e o judô, terão prioridade. Será um trabalho voltado para que as equipes cheguem até o fim das competições. Isso ajuda a fortalecer a marca da universidade em âmbito nacional”, explica o reitor Airton Nazareno dos Santos.

O trabalho voltado aos esportes terá enfoque ainda mais nos acadêmicos, pois a Unisul tem cursos voltados à prática esportiva. “Existe um planejamento bastante eficiente no processo de crescimento e formação do próprio cidadão. Esperamos que os alunos cheguem a ser grandes atletas profissionais e representem com primazia o nome da Unisul”, explica o vice-reitor, Sebastião Salésio Heerdt.
A Escola de Esportes Unisul, por exemplo, citada na coletiva de imprensa realizada ontem na universidade, tem como objetivo contribuir de forma eficaz no processo de inclusão social de crianças e adolescentes por meio de práticas esportivas.
Com o início de suas atividades em abril de 2002, a Unisul Esporte Clube firmou parcerias públicas e privadas para o atendimento de aproximadamente 420 crianças, distribuídas em quatro núcleos.

Atualmente, a Escola de Esportes Unisul atende em torno de 2.160 crianças e jovens de diversas cidades do estado, através de parcerias com escolas, prefeituras e associações esportivas e comunitárias. ”A atividade de inclusão dos menores é um exemplo interessante para contribuir na formação e no bem-estar dos futuros atletas”, ressalta o vice-reitor.