Marco Antonio Mendes
Tubarão

Os investidores da Unisul/Seguridade/Penalty tiveram em 2008 um retorno de cerca de R$ 840 mil de todo o valor repassado ao clube somente durante as competições da Liga Futsal. Em três anos de participação no campeonato nacional, é a primeira vez que o time tubaronense comemora o lucro adquirido durante uma temporada.

E não poderia ser diferente. Afinal, os investimentos foram realizados para “salvar” o time. Caso a equipe não conseguisse realizar uma boa campanha na liga, havia a chance de deixar de existir. “O dinheiro foi, sim, importante para nós este ano. Conseguimos montar um bom time com uma boa comissão técnica, o que nos possibilitou chegar onde chegamos”, analisa o supervisor de futsal Michel Guedes.

Foram 132 gols a favor e 113 sofridos se somados os jogos da Liga Futsal e do Campeonato Catarinense. Uma diferença equilibrada de 19. Entre estes gols, foram 25 vitórias, sete empates e 12 derrotas. Um ano bom? “Melhor impossível. Estamos com o sentimento de dever cumprido”, diz Michel, ainda que lamente a equipe não ter conquistado um título.

O planejamento para 2009 começou. No escritório do dirigente, uma montoeira de papéis. Diversos relatórios e alguns desenhos do que poderá ser o novo uniforme da equipe. Para o próximo ano, já há motivos para comemorar antes da hora. Os jogos da competição nacional serão transmitidos pela televisão aberta através da TV Band, além do canal fechado SporTV.

Segundo Michel, esta é a chance de Tubarão ser reconhecido como um pólo do futsal brasileiro, tamanha a visibilidade que receberá. Há outras novidades. “O calendário da liga não será como este ano. A competição será maior. Algumas equipes sairão e outras vão entrar. Acredito que será mais organizado que em 2008”, adianta o supervisor da Unisul.

Uns ficam, uns saem e outros chegam

Entre os nomes que permanecem no elenco que defenderá a Unisul/Seguridade/Penalty em 2009 estão os alas Gordo e Gustavo. Os fixos Ariel e Jeffe, o pivô Christian e os goleiros Ivan, Raphael e Nilton Júnior (da equipe sub-20) também integram o time. O ala Marco Antônio da equipe sub-20 está em negociação para ficar.
Por outro lado, deixam o time: os alas Adeirton, Pakito e Paraíba; os pivôs Gerson e Raphael Pernambucano; o fixo Léo e o goleiro Denner.

Na lista dos novos, estão o fixo Jonas que este ano defendeu a Ulbra/Suzano, o pivô Vitor, do Umuarama, e Deivis, que jogava na Espanha.
“Agora, só nos resta saber se esse time vai dar certo, porque não adianta termos ótimos jogadores e eles não trabalharem com vontade, em um ambiente agradável”, acrescenta o supervisor de futsal Michel Guedes.

Além dos reforços, a categoria de base será acrescida por uma equipe sub-17. Somente este ano, os garotos do sub-20 ganharam dois títulos (Campeonato Catarinense e Taça Brasil) e mais três atletas foram convocados para integrar a seleção brasileira da categoria.
O início da próxima temporada está marcado para 26 de janeiro, quando os atletas se apresentam para as avaliações físicas, antes do início da Liga Futsal.

Jogadores
Quem fica
Gordo, Gustavo, Ariel, Jeffe, Christian, Ivan, Raphael, Nilton Júnior (su8b-20) e Marco Antônio (sub-20).

Quem sai
Adeirton, Pakito, Paraíba, Gerson, Raphael Pernambucano, Léo, Denner.

Quem chega
Jonas (Ulbra/Suzano), Vitor (Umuarama), Deivis (Espanha).