Thiago Bolinha (D), 27 anos, deverá ser um dos líderes do elenco em quadra. O time da Unisul tem uma média de idade de 23 anos e é considerado experiente e de qualidade. Tem tudo para brigar por títulos
Thiago Bolinha (D), 27 anos, deverá ser um dos líderes do elenco em quadra. O time da Unisul tem uma média de idade de 23 anos e é considerado experiente e de qualidade. Tem tudo para brigar por títulos

 

Rafael Andrade
Tubarão
 
Thiago Bolinha, 23 anos, pivô, que defendeu as cores do Krona Futsal ano passado, fechou contrato de um ano com a Unisul Futsal. 
 
Bolinha tem muitas referências e já passou por vários clubes do Brasil. Segundo o técnico da Unisul, Jarico, ele tem qualidade e auxiliará muito com a sua experiência de ter jogado em um dos principais times do cenário nacional, o Krona. Vem para somar com o plantel da Unisul, que estava com uma lacuna em aberto, com a saída não prevista do também pivô Dilvo, esta semana.
 
Dilvo, que defendia a Copagril, vice-campeã da Liga Futsal 2010, e que viria para ser um dos reforços da Unisul este ano, não poderá mais jogar em Tubarão. Ele está resolvendo um problema de saúde na família em sua cidade natal, Concórdia.
 
O jogador já tinha contrato assinado com a equipe da Cidade Azul, porém, devido à situação extraordinária, detalhou a situação ao supervisor Michel Guedes e ao treinador Jarico, que não impediram, liberaram o jogador e ainda se colocaram à disposição para eventual auxílio.
 
Provavelmente, Dilvo voltará a atuar pelo time de sua cidade, onde voltará a residir, porém, essa informação não foi confirmada pelo atleta.
A reapresentação do elenco ocorre no próximo dia 25, no Ginásio Salgadão, em Tubarão.
 
 
16  jogadores já fazem parte do elenco da Unisul Futsal este ano. O time é comandado pelo técnico gaúcho Jarico, que já venceu as principais competições da modalidade no país. Jarico pretendia trabalhar com 15 ou 16 atletas. A diretoria da Unisul não deve anunciar mais nenhum nome. Oito dos 16 jogadores defenderam as cores da Unisul ano passado e renovaram contrato. Os demais foram contratados por um ano e, dependendo dos resultados do time tubaronense, podem também renovar para 2012. O clube passou por uma reestruturação no fim de 2010 e agora conta com o apoio de vários empresários da região e da prefeitura de Tubarão.