Marco Antonio Mendes
Tubarão

Este pode ser o fim de semana que levantará de vez o Atlético Tubarão e que poderá tirá-lo da zona de rebaixamento do Campeonato Catarinense. Com oito pontos conquistados no returno, o Peixe está em quinto lugar. Mas ainda faltam cinco partidas para completar a segunda fase do Estadual. Na pontuação geral, o time está na décima primeira posição e precisa vencer pela terceira vez consecutiva. O Tubarão ganhou do Atlético de Ibirama, por 4 a 3, e do Juventus, 5 a 2.

O time contra o Joinville (JEC) será basicamente formado pelos mesmos jogadores que entraram em campo contra o Juventus, em Jaraguá do Sul, no último domingo. Inicialmente, a única substituição será o lateral Ernani, que ficará no lugar de Ranieri, como definido no treino de quarta-feira pelo técnico Arnaldo Lira. Jairo Santos, que sofreu uma lesão muscular, voltou a treinar com toda a equipe na tarde desta quinta-feira e deve estar apto ao jogo de domingo.

O presidente do Atlético, Pedro Almeida, enfatiza que essa é a hora da revanche. O Peixe perdeu por 3 a 1 para o JEC no primeiro turno do campeonato. “Mesmo sendo catarinense, o Joinville é um time de nível nacional que passa por uma fase ruim. Tenho certeza que este é o melhor momento para ‘dar o troco’”.

Conforme Pedro, o clube tem todas as condições favoráveis em disputar o título do Estadual com o Figueirense, vencedor do primeiro turno.
A partida entre Atlético Tubarão e Joinville será neste domingo, às 20 horas, no estádio Domingos Silveira Gonzales. Os ingressos para o jogo custarão R$ 20,00.