Priscila Loch
Timbó

Esperança e motivação são palavras que não faltam no vocabulário de jogadores, comissão técnica e torcedores do Atlético Tubarão. Mesmo fora de casa, o time não se intimidou e goleou o Juventus, em Jaraguá do Sul, ontem à tarde, pelo Campeonato Catarinense.

O placar de 5 a 2 embala o grupo a buscar uma vitória na próxima rodada. Se conseguir vencer domingo, perante o Joinville, em casa, pode estar definitivamente livre do fantasma do rebaixamento – mas para isso depende também de outros resultados.

O time tubaronense estreou o marcador logo aos quatro minutos do primeiro tempo. Ranieri tentou bater para o gol e a bola sobrou para Carlinhos, que anotou o seu segundo dez minutos depois. Aos 30 minutos, os visitantes receberam uma forcinha dos adversários.
Jairo Santos cruzou e Marcão fez contra: 3 a 0.

Mas os donos da casa foram atrás e conseguiram encostar antes do fim da primeira etapa. Em uma cobrança de falta de Deivi, aos 45, o goleiro Paes falhou. Um minuto depois, o Juventus marcou o segundo, com Edinho.

O resultado parcial trouxe apreensão ao Peixe, que não desanimou e se impôs no segundo tempo. O estreante Róbson Simplício, que chegou a Tubarão na última semana, balançou a rede aos dois minutos. E o Juventus continuou com as tentativas de descontar, mas a glória era mesmo dos visitantes. Carlinhos (novamente ele!), em uma roubada de bola, fez o seu terceiro no jogo e o grupo não deixou mais chances de virada, soube administrar a vantagem.