Segundo o Hercílio Luz, Neris (E) jogou a semifinal de  maneira irregular
Segundo o Hercílio Luz, Neris (E) jogou a semifinal de maneira irregular

Tubarão

 

O Tribunal de Justiça Desportiva de Santa Catarina aceitou a denúncia feita pelo Hercílio Luz de que um jogador do Camboriú teria sido escalado de maneira irregular, o que pode mudar a Divisão Especial do Campeonato Catarinense. O caso deve ir a julgamento na próxima sessão.
 
Segundo os advogados do clube do Hercílio Luz, o Camboriú utilizou o zagueiro Neris de forma irregular na partida contra o Leão do Sul. O jogador estaria suspenso pelo terceiro cartão amarelo. No entanto, o diretor técnico da FCF, Rodrigo Capella, afirma que Neris cumpriu a suspensão no jogo em que o Camboriú venceu o Joaçaba por W.O. 
 
A interpretação dos advogados do Hercílio Luz é diferente. Eles consideram que o jogo foi cancelado pela FCF. Portanto, Neris teria que cumprir a suspensão automática na semifinal do returno da Divisão Especial, o que não ocorreu.
Se for punido, o Camboriú perde o acesso à 1ª Divisão e o time de Tubarão seria beneficiado.
 
Segundo o gerente de futebol do Hercílio Luz, Márcio Azevedo, o clube está confiante de um parecer favorável no julgamento.
 
O time voltou aos trabalhos físicos ontem. Hoje, o elenco participa de um treino tático com o técnico Joceli dos Santos. 
 
* Com informações do site futebolsc.com.
 
Almoço
O Hercílio Luz realizará um carreteiro neste sábado, a partir do meio-dia, no campo sintético do Estádio Anibal Costa. Os ingressos custam R$ 20,00 por pessoa, não incluída a bebida.