Até que a situação seja solucionada, Zé Carlos não entrará mais em campo para defender o Tigre
Até que a situação seja solucionada, Zé Carlos não entrará mais em campo para defender o Tigre

 

Criciúma
 
Relacionado para o jogo da última sexta-feira diante do Salgueiro, o atacante Zé Carlos, do Criciúma, acabou fora da partida por um problema extra-campo. O Corinthians Alagoano, time que detinha os direitos do jogador, entrou com uma ação na justiça e conseguiu suspender o contrato do atleta com o Tigre.
 
Ontem, o advogado do clube catarinense, Albert Zilli dos Santos, confirmou que o nome do atacante não estava mais no Boletim Informativo Diário-Eletrônico (BID-E) da CBF.
 
“O que se sabe, extra-oficialmente, é que o Zé Carlos teria ingressado com uma ação judicial em Alagoas. O estranho é que ele não assinou nada”, assinala o advogado. Por conta disso, o Tigre trabalha com a possibilidade de falsificação de documentos e falsidade ideológica.
 
“O Criciúma está indignado e vai procurar a CBF para tomar as medidas cabíveis. Depois vamos apurar que tipo de ação foi proposta em Alagoas”. Segundo Zilli o Tigre trabalha também com a possibilidade de erro administrativo, ainda que Zé Carlos e o clube catarinense não tenham assinado qualquer documento.