Criciúma teve dois jogadores expulsos durante o jogo.
Criciúma teve dois jogadores expulsos durante o jogo.

Salvador (BA)*

O Criciúma não tem mais chances de subir para a Série A. A derrota para o Vitória, por 3 a 1, neste sábado, em Salvador, derrubou a última possibilidade matemática que o Tigre tinha. Agora, a equipe cumprirá tabela nas duas últimas rodadas, contra Barueri e São Caetano, respectivamente.

O Vitória deu as cartas logo no início. Aos 8 minutos o lateral Fernandinho arriscou para o gol, Vágner deu o rebote e quase o time baiano abriu o placar. Em erro de Fabinho Capixaba, Fernandinho entrou com velocidade na área e por pouco não arriscou contra o gol tricolor.

Em nova falha de Fabinho Capixaba, o Vitória voltou a chegar com perigo, aos 28 minutos. O placar foi aberto aos 30. Giovani cruzou e Fábio Santos, de cabeça, fez o primeiro. O Tigre ainda arriscou uma vez no fim do primeiro tempo, mas sem perigo.

Na segunda etapa, o Tricolor empatou. Henik entrou na área, a bola sobrou para Doriva que chutou em cima da defesa. No rebote, Zé Carlos mandou para a rede. Mas a partir daí, a partida foi dominada pelos baianos. Giovani, de falta, venceu Vágner e assinalou o 2 a 1.

Logo após, o atacante Zé Carlos, do Tigre, tomou cartão vermelho por se desentender com o adversário. O Vitória chegou ao terceiro gol com uma cobrança de pênalti. João Vitor cometeu a falta e foi expulso. Na cobrança, Neto Baiano converteu e fechou o placar em 3 a 1.

* Com informações do site engeplus.com.br.