Tubarão

 

A atuação da Hipper Freios/Unisul na derrota para o Copagril/Faville/Dalponte por 4 a 0, na noite de terça-feira, não agradou o treinador Jarico. Apesar da cobrança natural após uma derrota, ele motivou o grupo para o jogo de hoje, às 20 horas, em Cascavel, contra o Diplomata/Muffatão/Cvel.
Vencer fora de casa é fundamental para conquistar uma das 16 vagas à próxima fase. Com a derrota, a equipe saiu da zona de classificação e a preocupação voltou. “Os jogadores precisam estar motivados a cada jogo. Cada tempo de jogo é fundamental. Entramos desligados, principalmente na primeira etapa, e perdemos a partida. Conversamos bastante e a postura do time precisa ser diferente em Cascavel”, alerta o treinador.
 
O jogador Ariel, que volta depois de cumprir suspensão pelo terceiro cartão amarelo, concorda com Jarico. “Esta cobrança tem que ter sempre e nós, jogadores, precisamos cobrar um do outro. Já fazemos isso. Nosso grupo é experiente e muito unido. Vamos buscar o resultado fora para não dependermos dos jogos em casa”, afirma.
Dos nove jogos que faltam nesta fase, seis serão realizados em Tubarão.