Assim que foi comunicado da decisão da diretoria do Atlético Tubarão, China deixou Tubarão rumo ao Rio Grande do Sul.
Assim que foi comunicado da decisão da diretoria do Atlético Tubarão, China deixou Tubarão rumo ao Rio Grande do Sul.

Priscila Loch
Tubarão

China não é mais técnico do Atlético Tubarão. Ele foi demitido do cargo nesta sexta-feira. O presidente do clube, Dorli Rufino, o Licão, aponta a falta de resultados como motivador para a decisão.
“Ele (China) é uma pessoa boa, capaz, mas os resultados não aconteceram e tivemos que decidir pela mudança”, argumenta Licão, que pretende anunciar um novo treinador quem sabe até segunda-feira. Especula-se o nome de Lio Evaristo, que este ano defendeu o Metropolitano do rebaixamento. Mas o presidente não confirma, nem indica outras possibilidades.

Assim que foi comunicado, China deixou Tubarão e partiu imediatamente para o Rio Grande do Sul, onde mora a sua família. Por telefone, a redação do Notisul conseguiu contato com ele, que se mostrou chateado pela situação, mas garantiu não guardar mágoas de ninguém do clube.
“Claro que não gostei, achei uma baita de uma injustiça. Mas estou tranquilo, futebol é assim mesmo. Muitas coisas atrapalharam o time no campeonato, mas isso não vem ao caso agora”, declarou o técnico. E garantiu que por enquanto não parou para pensar no futuro.

O substituto de China será o terceiro no comando do Peixe só nesta temporada. Antes dele, Grizzo treinou a equipe na pré-temporada, porém, deixou o clube a poucos dias do início da Divisão Especial do Campeonato Catarinense.
O Atlético Tubarão encerrou a sua participação no turno da competição estadual na sexta posição, com 16 pontos (mesma pontuação do Hercílio Luz, que se classificou às semifinais pelo saldo de gols). Em nove jogos, foram cinco vitórias, um empate e três derrotas.

Lio Evaristo, que este ano defendeu o Metropolitano do rebaixamento, pode chegar a Tubarão na próxima semana.

Leão a um passo da final do turno

Poder perder por até dois gols de diferença tira um pouco da pressão dos ‘ombros’ do Hercílio Luz. Mas isso não significa que o time entrará em campo, sobre o Juventus, com a sensação de “já ganhou”. O vencedor deste duelo, neste domingo, às 15h30min, em Jaraguá do Sul, garante vaga na final do turno da Divisão Especial do Campeonato Catarinense.

A equipe tubaronense vem de uma vitória merecida sobre o time do norte do estado. Foram 3 a 0, em casa, diante de uma torcida empolgada e agora bastante otimista.
Mas o técnico Joceli dos Santos já avisou: é preciso jogar com a mesma determinação da última quarta-feira, não abrir espaço para o adversário. Afinal, apesar da derrota, o Juventus encerrou o turno na primeira colocação e não havia perdido nenhum, o que prova que é um time de qualidade.

Nesta sexta-feira à tarde, o grupo treinou chutes a gol para aperfeiçoar a pontaria. Após cumprir suspensão, o atacante Giba está de volta à equipe. Ele é o artilheiro do Leão, com quatro gols, na terceira colocação entre os artilheiros da competição.
Se classificado, o Hercílio pegará Guarani e Atlético de Ibirama na final. O jogo de ida está marcado para quarta-feira, às 15h30min. O da volta será no próximo domingo, no mesmo horário. O vencedor do turno sobe automaticamente para a elite do futebol catarinense.


Nesta sexta-feira à tarde, o grupo treinou chutes a gol.