Seignosse, França

Com aéreos e manobras de gente grande, o imbitubense João Paulo Abreu deu um show em Les Stagnots, Seignosse, França, onde rolou a terceira fase do Quiksilver King of The Groms (WCT), quarta-feira, e já é um dos oito melhores surfistas do mundo.
O representante brasileiro no Mundial arrancou aplausos de toda a galera presente, em uma bela estrutura montada em uma das mais belas praias francesas.
Em ondas perfeitas com cerca de um metro e espaço para muitas manobras, João Paulo entrou em cena. A bateria começou com poucas ondas e o australiano Cooper Chapman logo assumiu o comando, com uma nota 6.83.

Em seguida, houve uma pausa de quase 20 minutos. Faltando cinco minutos para o término da bateria, quando tudo parecia perdido, séries perfeitas começaram a bombar e o catarinense não precisou de mais de um minuto para garantir a vitória.
Com duas extensas esquerdas na sequência, ele soltou o pé com fortes batidas, rasgadas e um belo floater, que lhe renderam notas 7.33 e 8.07. O australiano ainda tentou reagir, também com uma boa onda avaliada em 7.23, porém não foi o suficiente e João Paulo levou a melhor por 15.40 a 14.06 pontos.

João Paulo conta que estava muito concentrado na bateria. “Eu pensei: vou surfar feliz como se fosse uma brincadeira, um treinamento. Deixei a mente tranquila e mostrei o que sei fazer de melhor. Agradeço a minha família e aos meus amigos que torcem por mim”, revela o imbitubense. João Paulo de Abreu encara o australiano Matt Banting nas quartas-de-final, hoje.