Foto: Divulgação/Notisul
Foto: Divulgação/Notisul

TUBARÃO

Ontem, foi dia de reapresentação do elenco do Atlético Tubarão no Estádio Domingos Silveira Gonzalez. Nada de descanso depois da vitória sobre o Cianorte por 1 x 0, que deixou o Peixe na liderança do grupo A16 da Série D do Campeonato Brasileiro. Enquanto os titulares fizeram um trabalho regenerativo, reservas e não relacionados realizaram um treino técnico na Vila dos Ferroviários. Tudo para deixar os atletas em boas condições físicas para o próximo compromisso do Peixe.

“O trabalho regenerativo começa já no vestiário, após o jogo, com um processo de suplementação especial, podendo levar de 24 até 48 horas para a recuperação total do jogador. Durante esse tempo, tentamos retomar o mais rápido possível as fontes energéticas de cada um. Na reapresentação, quem ainda sente dores é encaminhado à fisioterapia, enquanto os outros atletas fazem um trabalho de baixa intensidade”, explica o preparador físico Agenor Junqueira.

O autor do gol da vitória, Magno Alves, o Magnata, requer mais atenção na parte física. Não apenas pela idade (42), mas também pelo período sem atuar. O atacante estava há cerca de um mês treinando individualmente e, agora, começa a se adaptar ao ritmo dos treinos coletivos. “A recuperação do Magno depois dos treinos e jogos é um pouco mais lenta em relação aos mais jovens, o que é normal. Ele jogou pouco mais de 30 minutos e foi uma intensidade de nível moderada a alta. Os trabalhos com ele serão direcionados para que se sinta bem fisicamente. Estamos planejando uma suplementação e diferenciada”, detalhou Agenor.

Hoje e amanhã, os treinos ocorrerão pela manhã. O próximo compromisso tricolor será diante do Novo Hamburgo, válido pela 2ª rodada do Brasileirão Série D, domingo, às 16h. O jogo será no Estádio do Vale, na cidade de Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul.

O clube tem pretensão de conquistar uma vaga na Série C de 2019 e brigar pelo título do Estadual no mesmo ano.