Ipojuca (PE)

A primeira etapa do Marands Surf Festival, válido pela Confederação Brasileira de Surf Júnior Tour 2018, foi finalizada no último fim de semana, na praia de Maracaípe, Ipojuca, no estado de Pernambuco. Em ondas de meio metro em média, surfistas de todo o país se enfrentaram em busca do título de seleções por estados, e de vagas para o Mundial Júnior da International Surfing Association (ISA), autoridade máxima do surf amador. O Mundial este ano ocorre em setembro, em Hungtinton Beach, Califórnia (EUA).

A equipe catarinense foi a vencedora por equipes desta primeira etapa do ‘Brasileirão’ de Surf Amador 2018, organizado pela CBS. Em todas as finais do evento, havia um catarinense presente. Após ter sido pentacampeã por equipes em 2017, a equipe da Federação Catarinense de Surf (Fecasurf), saiu de Florianópolis na última semana, em busca do hexacampeonato em Pernambuco.

A surfista da Praia da Guarda do Embaú, Tainá Hinckel, foi mais uma vez, o grande destaque em Maracaípe. A dobradinha veio novamente nas finais das categorias Sub16 e Sub18 do CBSurf Júnior Tour 2018. Com médias idênticas nas duas finais – 10,80 pontos na Sub16 e 10,10 pontos na Sub18 -, Tainá roubou a cena mais uma vez.

Heitor Muller, surfista de São Francisco do Sul, foi a surpresa da equipe catarinense. Chegou até a grande final Sub14 e, por muito pouco, não levou o título desta primeira etapa, perdendo na final para o paulista Caio Costa, ajudando de forma contundente, na pontuação final da Seleção Catarinense. 

Já Leonardo Barcelos, de Imbituba, que também ficou com o vice campeonato nesta primeira etapa na categoria Sub18, sua vitória por pouco não veio após o campeão do evento, o paraibano, Felipe Alves, executar um aéreo ‘full rotation’ pouco antes do final da bateria, e levando nesta onda, uma nota 8,50 pontos, não dando tempo para Leo se recuperar, mesmo com uma nota 7,50 pontos em sua somatória.

O surfista de Balneário Barra do Sul, Luis Mendes, Campeão Brasileiro Amador em 2017, também chegou a final da categoria Sub16, e trouxe para casa um excelente 4º lugar na disputa final, contribuindo para a equipe catarinense levar o título da etapa.