Marco Antonio Mendes
Tubarão

Um feito inédito. A Unisul/Seguridade/Penalty conseguiu classificar-se à segunda fase da Liga Futsal. O time ainda conseguiu a quarta colocação da primeira fase, ficou atrás apenas de Malwee, RCG/Banespa e Cortiana/UCS/AFF. Dos 19 jogos, foram 11 vitórias, dois empates e seis derrotas. Antes da classificação, porém, o ala Cabreúva e o fixo Jeffe passaram por um drama. Ambos sofreram lesões e tiverem que se manter longe das quadras por algumas partidas.

Ao som de hip-hop e reggae, os skatistas de Tubarão reuniram-se diversas vezes no estacionamento do antigo Angeloni e na pista do centro da cidade para inventar manobras e competirem sob as pequenas quatro rodas. Cada um com o seu estilo próprio, mas muito parecidos: camisetas e calças largas, alguns com bonés e todos eles com seu skate, seja no braço, carregando de um lado para o outro, ou, no pé, fazendo e inventando uma forma diferente de ser radical.
No Atlético Tubarão, o presidente Pedro Almeida questionava os recursos do governo do estado recebidos pelo Hercílio Luz. “Este dinheiro virá porque o vice-presidente do clube, Túlio Zumblick, é presidente do PMDB de Tubarão?”, indagava. O valor recebido é atualmente utilizado nas reformas do estádio Anibal Costa.

O Tubarão Predadores, time de futebol americano da cidade, estreou na Liga Catarinense. O primeiro adversário foi o Brusque, que derrotou os estreantes. O criador da equipe, o também atleta Celso Trindade, sabia que o campeonato seria bem disputado. “Não vai ser fácil. Existem equipes experientes e nós começamos agora. Além disso, alguns times têm mais jogadores à disposição e nós somos apenas em 11”, analisou.