O técnico Sandrini (na esquerda) e o presidente Licão (no meio), asseguram que o time deste ano será forte e o clube subirá à elite do futebol catarinense.
O técnico Sandrini (na esquerda) e o presidente Licão (no meio), asseguram que o time deste ano será forte e o clube subirá à elite do futebol catarinense.

Thiago Oliveira
Tubarão

O Atlético Tubarão promete entrar com força na Divisão Especial do Campeonato Catarinense. Segundo o presidente Dorli Rufino, o Licão, o Peixe dará muitas alegrias ao torcedor nesta temporada.
“Teremos um time muito bom. Tenho uma lista de jogadores que farão com que o nosso clube entre no campeonato para subir. Não podemos dar um passo maior do que a perna, pois temos que manter as contas em dia. Mas podem esperar um time competitivo”, assegurou Licão, sem revelar outros reforços.

Mas ele também antecipou que um jogador bem conhecido pelos tubaronenses está em negociações com o Peixe. O atacante Giba, artilheiro da Divisão Especial do ano passado pelo rival Hercílio Luz, pode atuar pelo Atlético este ano.
Caso o Confiança, time em que o atleta atua, não seja campeão sergipano, o destino do camisa 9 deve ser o Domingos Gonzalez. Outro que também pode voltar é o zagueiro André Ricardo, um dos destaques da equipe no ano passado.

O novo treinador do Peixe, Heriton Sandrini, já se instalou em Tubarão. Além de ajudar no planejamento da equipe deste ano, o profissional observará os jovens das divisões de base. Pelo menos cinco deles devem subir ao time profissional.
Na parceria realizada entre o clube e o empresário carioca Mauricio Nassif, será disponibiliza, além da comissão técnica, seis jogadores. O Peixe será o responsável pela contratação de outros 11, entre eles os já confirmados Leandro Branco, Vitor Hugo e João Leandro. O Peixe estreia na Divisão Especial no dia 1º de julho, contra o Juventus, em Jaraguá do Sul.

Clube deve ter amistoso com time da Série A

O Peixe anunciou nesta sexta-feira os seus planos para o marketing desta temporada. Além da campanha de sócios e a venda de um kit especial para os torcedores, o clube chama a atenção ao garantir um amistoso com uma equipe da Série A do Brasileirão.
Segundo o gerente de marketing do Peixe, Sílvio Prim, o plano do clube é conseguir a adesão de pelo menos 300 sócios até o início da Divisão Especial.
E esses 300 primeiros novos sócios terão seus nomes inscritos na camisa da equipe, que será utilizada nos jogos mais importantes. Além disso, serão usados outros modelos do uniforme, com as cores branco, preto e azul.