Em Tubarão, Milton treina cerca de 70 meninos entre 5 e 15 anos
Em Tubarão, Milton treina cerca de 70 meninos entre 5 e 15 anos

 

Thiago Oliveira
Tubarão
 
Com a valorização das categorias de base no futebol, as escolinhas são cada vez mais procuradas. O professor Milton Ribeiro, da escolinha do Cruzeiro, sabe disso. Com 25 anos de experiência com crianças, ele viaja para Belo Horizonte neste domingo, para um estágio com os profissionais do time mineiro.
 
Durante uma semana, Milton trabalhará com outros professores de várias escolinhas do Cruzeiro espalhadas pelo país. O objetivo é trazer novidades às divisões de base de Tubarão. “Na minha observação técnica, eu quero, primeiro, ver a filosofia de treinamento deles. Também vai ser bom para interagir com os profissionais e trazer experiências de lá”, valoriza o professor.
 
Ele ficará hospedado na Toca da Raposa 1, que recebe os atletas do Cruzeiro de até 15 anos. Outro objetivo de Milton é avaliar o nível técnico dos jogadores do clube mineiro, para ver quais alunos da escolinha de Tubarão têm condições de fazer testes no Cruzeiro.
 
Na escolinha tubaronense, no Clube de Campo, Milton treina cerca de 70 crianças e adolescentes entre 5 e 15 anos. Ele afirma que muitos garotos têm potencial para se tornarem profissionais, mas precisam ser lapidados. “Não posso iludir uma criança ou um pai e dizer que o filho vai ser um craque. O menino pode jogar muito hoje, mas isso muda a cada idade. É preciso trabalhar com paciência”, pondera Milton.