Tubarão

A temporada do Tubarão Futsal ainda não acabou, mas a associação já pensa em 2019. Mesmo assim, nenhum atleta está contatado. Quem garante isso é o presidente da ADFT, Eduardo Rigotti.

Dois nomes surgiram nos bastidores ontem, o do ala Dieguinho, do São José, e o fixo Passamani, de Jaraguá do Sul. Mas de acordo com o comandante do futsal da Cidade Azul, nenhum deles está confirmado. 

“Nenhum jogador está assinado com o Tubarão Futsal. Nenhum deles eu posso dizer com 100% de certeza que vai vir. Esse ano foi acertado com dois jogadores e na hora de virem para Tubarão, não vieram. Nós só anunciamos jogadores com contrato assinado. Existem negociações com vários jogadores, mas nenhum deles está assinado”, afirmou Rigotti.

Sobre as renovações de contrato, o presidente não quis dar nomes, mas revelou que já acertou a permanência de quatro atletas e negocia com outros quatro. 

“Existem renovações com contratos assinados. De 4 jogadores e estamos tentando renovar com mais 4 que estão na parte final”, revelou. 

Entre os jogadores que estão em conversas para seguir vestindo a camisa do Tubarão está o goleiro Marcinho e os alas Pakito e Serginho. Já o técnico Thiago Raupp e o preparador físico Fabiano Silva já estão garantidos para 2019.

O único nome que o presidente do Tubarão Futsal confirmou foi o do fixo Marinho. Mas neste caso, como despedida. 

Ex-jogador da seleção brasileira, e um dos destaques da equipe da Cidade Azul, o atleta de 35 anos irá defender o Magnus, de Sorocaba, atual campeão do mundo. Ele disputou os 18 jogos de Tubarão da Liga Futsal e marcou três gols.