Laguna
 
O primeiro dia do Rally Serramar foi considerado tranquilo para a maioria dos 166 pilotos que largaram em Laguna no início da manhã e, depois de 198 quilômetros, chegaram a Nova Veneza, por volta das 16 horas. Segundo os competidores, a prova não deixou nada a desejar se comparada aos tradicionais ralis do nordeste. 
 
“Teve muito trecho com areia, grandes retas à beira mar. E no segundo trecho um terreno mais liso, em direção à Serra”, avaliou Rodrigo Amaral, de Lagoa da Prata (MG), piloto da categoria máster. 
 
Depois de largar da Ponta da Barra, após atravessar a balsa, em Laguna, os competidores passaram por Jaguaruna, Rincão e Içara. No total, o rali percorrerá 15 municípios do sul do estado até chegar em Garopaba, amanhã. São 583 quilômetros de trilha.
 
Hoje, a prova percorrerá a Encosta da Serra Geral e o Vale de Braço do Norte. Após a parada em Gravatal, marcada para as 16 horas, a competição continua amanhã, com destino a Garopaba. 
 
A partir de hoje, mais 100 pilotos devem ingressar na competição, pois a prova começa a ser válida pelos Campeonatos Sulbrasileiro e Catarinense. Amanhã, na última etapa, a prova também será válida pela Copa ASCPE.