O treinamento visa a pré-temporada da Porshe Cup Brasil, em março. No ano passado André Gaidzinski trouxe nada menos do que sete troféus para Santa Catarina - Foto: Divulgação

O piloto catarinense André Gaidzinski acaba de retornar de Andorra, entre a Espanha e a França, onde participou de um desafio internacional, um programa de treinamento de pilotos na neve, localizado a 2.400 metros de altura. O treinamento foi no Circuit Andorra, utilizando vários modelos de carros, e teve como objetivo principal aprimorar o controle do veículo em condições de pouca aderência. “Estou intensificando as habilidades para andar no molhado e entender o carro nos limites das curvas”, enumera Gaidzinski.

Treinamento no Circuit Andorra, enter a Espanha e a França, ocorreu a 2,4 mil metros de altura – Foto: Divulgação

O mesmo treinamento foi realizado pelo piloto de Fórmula 2 Clément Novalak, que é empresariado pela marca do bicampeão mundial de F1 Fernando Alonso e do empresário Albert Resclosa. As aulas, teóricas e práticas, também se estenderam com carro de corrida com tração traseira e 4×4 para ambiente de rally. “Foi muito interessante guiar na neve e estar acompanhado do meu empresário, Willy Hermann, que possui uma sólida experiência no automobilismo e mora na região”, descreve o piloto. No próximo mês Gaidzinski participa da pré-temporada 2022 da Porsche Cup Brasil. Neste ano ele migrará para a categoria 4.0 da competição. Em 2021, o piloto de Criciúma trouxe sete troféus para o Estado. 

 

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul