Taubaté

O Atlético Tubarão estreou na sexta-feira na Copa São Paulo de Futebol Júnior, com o objetivo de pelo menos passar da primeira fase. Mas a missão ficou mais difícil. O Peixe perdeu, de virada, por a 2 a 1, para o Taubaté, no estádio Joaquim de Morais Filho

No primeiro tempo, chances para os dois lados. Mas foi o Atlético Tubarão que saiu na frente. Aos 46 minutos, após o escanteio a bola passou por toda a defesa do Taubaté e sobrou para Anderson, que pegou de primeira. João Marcos até fez a defesa, mas pegou a bola depois que ela já havia atravessado a linha.

Mas no início do segundo tempo, o jogo mudou. Logo aos três minutos, Tatá, do Taubaté, deu um belo chapéu em Clebson. A zaga do Peixe chegou na cobertura e afastou a bola, mas acabou mandando nos pés de Diego, que saiu na cara de Thiago e encheu o pé para deixar tudo igual.

O gol da vitória dos donos da casa saiu aos 40 minutos da etapa final. Paulinho lançou na velocidade para Gabriel Davy, que correu nas costas da defesa. O goleiro Thiago saiu do gol, mas o atacante tocou no meio das pernas dele.

“Um jogo que na verdade qualquer um poderia ter saído vencedor pelo que as duas equipes apresentaram. Em alguns momentos, o adversário teve o controle da bola, mas utilizando apenas do jogo aéreo, e a nossa zaga muito bem nesse tipo de situação, jogadores altos, não permitiram que o adversário tirasse vantagem. E em vários momentos também tivemos boas triangulações pelos lados. Em algumas conseguimos conclusões, mas não fazendo o gol. Em uma bola parada bastante trabalhada, principalmente nos últimos 20, 30 dias, conseguimos o nosso gol. Mas em uma bobeira na enteada do segundo tempo, a equipe não entrou ligada coimo deveria. Sofremos uma pressão. Não tiramos a bola da zona do perigo e acabamos levando o gol. Infelizmente tivemos as substituições todas feitas por motivos de câimbra, e acabamos tendo um prejuízo muito grande nisso. Mas a equipe foi reagindo, recuperando bem, e quando estava pronta para conseguir o gol, até criando mais chances, tomamos o contra-ataque e sofremos o segundo gol. Faltava poucos minutos e não tivemos mais forças para conseguir o resultado”, explicou o técnico do Tubarão, Beto Almeida.

A equipe sub-20 busca, agora, a recuperação na próxima rodada. Na segunda-feira, o Tubarão encara o Vasco, também no estádio Joaquinzão, às 15h30min, com transmissão dos canais SporTV e ESPN. 

“Assistimos o jogo do Vasco. Já vínhamos assistindo desde a Copa Ipiranga. É um adversário muito difícil, sem dúvida alguma. Vamos com muito respeito, mas com a necessidade única de vitória. Então vamos buscar, vamos trabalhar com todas as nossas forças em busca de uma vitória contra o Vasco”, completou o treinador.