O grupo participou do penúltimo treino nesta sexta-feira  -  Foto:William Lampert/Divulgação/Notisul
O grupo participou do penúltimo treino nesta sexta-feira - Foto:William Lampert/Divulgação/Notisul

Tubarão

Mesmo com o acesso, o Atlético Tubarão ainda tem quatro jogos importantes no Catarinense da Série B. O grupo treinou durante esta semana para enfrentar o terceiro colocado, Juventus, fora de casa, às 16 horas, no domingo. Os atletas que têm atuado como titulares nos últimos seis jogos ganham uma folga para se recuperarem e dar oportunidade ao resto do grupo.

“Costumamos dizer que goleiro é uma posição ingrata. Só um joga. Tenho uma competição sadia com o Jandrei, que é um ótimo defensor. Temos um único objetivo: ajudar o Tubarão. Quando o técnico Mabilia precisar, estarei pronto e espero aproveitar a chance que terei no domingo”,  destaca o goleiro Neto Volpi.

O Juventus é a primeira equipe que o Peixe encara na luta pelo título. Depois, são três jogos contra o Almirante Barroso, vice-líder, também classificado para a Série A. Os dois integrantes do G-2 possuem a mesma pontuação, 35 pontos. O objetivo do time da Cidade Azul é encerrar a fase classificatória como primeiro para jogar o segundo jogo da final na Vila.

“Viemos para cá não apenas pelo acesso, mas também para sermos campeões. Somos muito bem tratados aqui e recebemos uma estrutura excelente. Este clube tem um grande projeto, que é transformar o Peixe em uma força do futebol de Santa Catarina”, avalia Neto Volpi.

Neste sábado, a equipe treina no Domingos Silveira Gonzales, e viaja para Jaraguá do Sul à tarde, onde ocorre um dia depois o duelo no Estádio João Marcatto. Já o Hercílio Luz enfrenta o Marcílio Dias também no domingo, às 10h30min, no Anibal Costa. O Leão do Sul vai em busca de mais uma vitória, mesmo sem chances de classificação. “Nossa meta continua a mesma, somar o maior número de pontos e terminar o campeonato na melhor colocação. Com certeza bons frutos virão com essa atitude”, destaca o técnico Abel Ribeiro.