Leandro Branco chega para a sua segunda passagem por Tubarão
Leandro Branco chega para a sua segunda passagem por Tubarão

 

Thiago Oliveira
Tubarão
 
Com os treinadores de Hercílio Luz e Atlético Tubarão definidos, os clubes começaram a confirmar os jogadores que disputarão a Divisão Especial. O Peixe anunciou os seus primeiros reforços. Os atacantes Leandro Branco e João Leandro e o zagueiro Vitor Hugo devem chegar no início do próximo mês ao Domingos Gonzalez. Enquanto isso, Edimar retorna ao Anibal Costa.
 
Leandro Branco chega ao Atlético Tubarão com a missão de ser o ‘homem-gol’ do time. O jogador atuou pelo Peixe no ano passado, mas precisou ser submetido a uma cirurgia, por conta de uma ruptura no tendão, ainda no primeiro turno e ficou fora do restante da competição.
 
João Leandro chega ao Peixe com boas referências. Ele foi o artilheiro do Porto na Divisão Especial do ano passado, com cinco gols. Em 2012, ele disputou a Série B do Campeonato Carioca pelo Serra Macaense.
 
O último reforço é um velho conhecido da torcida do Peixe. O zagueiro Vitor Hugo, de 24 anos, defendeu o clube, quando ele ainda era conhecido como Cidade Azul, na Copa Santa Catarina de 2008. 
 
O zagueiro Edimar, que disputou a Divisão Especial pelo Leão no ano passado, volta ao Estádio Anibal Costa. O jogador junta-se a Michell Nunes, Vanderson, Luiz Henrique, Alejandro e Felipe Oliveira na lista de jogadores que retornam. Michel é outro reforço.
 
As duas equipes de Tubarão estreiam na Divisão Especial no dia 1º de julho. O Leão encara o 15 de Indaial em casa. O Peixe pega o Juventus, em Jaraguá do Sul. 
 
Atlético é destaque nas categorias de base
Enquanto o Atlético Tubarão monta o elenco profissional para a disputa da Divisão Especial do Campeonato Catarinense, as equipes da categoria de base já dão alegrias ao torcedor. Na segunda divisão do estadual, os Peixinhos destacam-se tanto com o time juvenil quanto o com o júnior.
No sub-20, o Atlético lidera o grupo A com sobras. O time venceu os três jogos que disputou, marcou 15 gols e sofreu apenas um. A média é de cinco tentos por partida.
O sub-17 não tem os mesmos 100% de aproveitamento da equipe júnior, mas também está em situação confortável no seu grupo. Ocupa o segundo lugar na chave, com sete pontos.
Segundo a comissão técnica, isso é resultado de um planejamento bem feito. “O trabalho é bastante profissional. Treinamos desde o dia 6 de março, em dois períodos. Fizemos uma pré-temporada em que demos ênfase na parte física. Depois, fomos para a parte técnica e posse de bola”, detalha o técnico do sub-17, Walter Souza.
O presidente do clube, Licão, afirma que pretende utilizar vários garotos da base na equipe profissional durante a Divisão Especial, e Souza acredita que eles servirão bem ao time principal. Da equipe juvenil, ele destacou um grupo de jogadores que podem subir. Entre eles, o lateral Felipe, os volantes Wesley e João Brum, e o meia Giuliano.
“É bom esse reconhecimento. Batalhamos muito por este sonho. Agora, com o novo treinador, é preciso continuar com o mesmo trabalho e mostrar serviço”, avalia Wesley.
 
As equipes de base treinam diariamente em dois períodos
Foto:Sílvio Prim/Atlético Tubarão/Notisul