Vitória sobre o Caxias deu confiança aos jogadores do Leão
Vitória sobre o Caxias deu confiança aos jogadores do Leão

 

Thiago Oliveira
Tubarão
 
A palavra mais falada dentro do Estádio Anibal Costa é reconstruir. Depois da primeira vitória no returno da Divisão Especial do Campeonato Catarinense, o time quer deixar para trás as duas derrotas que sofreu – na final do turno, contra o Atlético de Ibirama, e na estreia do returno, contra o 15 de Outubro. E visa embalar na competição.
 
Na partida de domingo, contra o Caxias, o primeiro tempo morno assustou a pequena torcida que compareceu ao estádio, mas, na segunda etapa, os gols de Giba e Uederson deram a confiança que jogadores e torcedores precisavam. E ainda deixaram o time perto do G4.
 
O lateral Ton, titular do time nas duas últimas derrotas e na vitória do domingo, admitiu que na partida da estreia do returno, em Indaial, o time ainda estava cabisbaixo pela derrota na final do turno, mas que uma conversa entre o grupo mudou a situação. “A final em Ibirama já é passado. Vamos esquecer o que passou e construir tudo de novo”, afirmou.
 
Sobre a pouca torcida que compareceu ao Anibal Costa, o jogador acredita que eles também sentiram a derrota na final, e que, com bons resultados, as arquibancadas estarão cheias novamente. “Temos mais um jogo em casa e, se vencermos, os torcedores vão recuperar a confiança”, prevê.
 
Na tarde de ontem, os jogadores que não participaram da partida contra o Caxias fizeram um treinamento com o campo reduzido, preparando-se para o confronto de amanhã, contra o Joaçaba. Se o time ganhar, cola nos líderes. Devagar, o Leão do Sul começa a rugir novamente.
 
Tudo azul no Peixe
Se com uma vitória no returno da Divisão Especial do Campeonato Catarinense – por 2 a 1, sobre o Juventus – o clima no Atlético Tubarão já era bom, agora, parece impossível melhorar. Tudo graças à vitória de domingo sobre Guarani, em Palhoça, que deixou o time empatado na liderança junto com o 15 de Outubro e o Camboriú, todos com seis pontos.
 
Entre os jogadores, um consenso: a boa fase tem participação direta do treinador Fernando Lessa, o auxiliar técnico efetivado após a saída de China. O novo comandante, questionado por grande parte da torcida, precisou apenas de dois jogos para mostrar o seu trabalho.
 
“O bom resultado é fruto de muito trabalho. O time está em uma crescente, brigando pelo acesso”, comemora Lessa.
Amanhã, o time enfrenta o Caxias, em Joinville, a partir das 20h30min.