Tubarão

Foram oito dias de jogos e muita dedicação dos atletas de todo o estado na Olimpíada Estudantil de Santa Catarina (Olesc), disputada pela primeira vez em Tubarão. A cidade sede terminou em 14º lugar geral, com oito pontos. Joinville foi a campeã: conquistou 106 pontos.

Este foi o sétimo título dos joinvilenses na competição. Em segundo lugar ficou Criciúma, com 89 pontos, e em terceiro Blumenau (83). Neste sábado, houve o encerramento 10ª edição do evento que reuniu estudantes de 13 a 17 anos de 81 municípios.

Desde o dia 16, quando iniciaram as competições, cerca de 3,7 mil atletas participaram de quase 1,2 mil confrontos em busca de uma vaga no ponto mais alto do pódio.

O presidente da Comissão Central Organizadora (CCO), Alexandre Zabot, ficou satisfeito com o resultado do evento. “Foram mais de três meses de preparação, envolvimento e muito trabalho. Tenho certeza de que todos que passaram por aqui levaram boas impressões de nossa cidade”, valoriza Alexandre.

Cerimônia de despedida contagiou organizadores e atletas
No cerimonial de encerramento, sábado, no Ginásio Poliesportivo da Unisul, além dos atletas joinvilenses que fizeram a festa com o troféu de campeão geral, vários atletas e dirigentes de outras cidades estiveram presentes. Dezenas de autoridades, entre as quais o presidente da Fesporte, Pedro Lopes, o vice-prefeito de Tubarão, Pepê Collaço, e o secretário de desenvolvimento regional em Tubarão, Haroldo Silva, o Dura, também prestigiaram o fim dos jogos estudantis deste ano.

Pepê ressaltou que a Olesc é o terceiro maior evento esportivo no estado – após os Jasc e Joguinhos Abertos – e rendeu elogios aos organizadores e parceiros. “Tubarão fez bonito na organização e mostra potencial para crescer nos próximos anos e ficar mais competitiva”, enalteceu Pepê.