Cristiano acredita que o Tigre pode surpreender em Curitiba. Foto: Fernando Ribeiro/Criciúma E.C./Notisul
Cristiano acredita que o Tigre pode surpreender em Curitiba. Foto: Fernando Ribeiro/Criciúma E.C./Notisul

Criciúma

Após a rodada do fim de semana do Campeonato Catarinense, os jogadores do Criciúma reapresentaram-se na tarde de ontem. O pensamento é exclusivamente na Copa do Brasil. O Tigre faz o jogo da volta da segunda fase da competição nacional nesta quinta-feira, às 19h30min, em Curitiba, contra o Atlético Paranaense.

No confronto de ida, em duelo disputado no Estádio Heriberto Hülse, o Criciúma perdeu para os paranaenses por 2 a 1. “Lá vai ser difícil e isso todo mundo sabe. Não fizemos o dever de casa. Mas assim como eles fizeram dois gols aqui, nós também temos condições de fazer lá”, compara o lateral direito Fabinho Capixaba.
No domingo, na derrota por 3 a 2 contra o Metropolitano, no Estádio Heriberto Hülse, o meia Cristiano fez o primeiro jogo como titular da equipe. Ele acredita que o Tigre possa surpreender em Curitiba. “Temos que ter tranquilidade e não entrar no desespero”, conta.

Mesmo com a difícil tarefa da equipe, o técnico Sílvio Criciúma ainda está confiante na classificação do time, não somente na Copa do Brasil, mas também no Catarinense.
O Tigre precisa vencer o Atlético Paranaense e a Chapecoense para se manter vivo nas duas competições que participa. “Vamos para uma missão quase impossível. Entretanto, mesmo com todos os nossos tropeços, ainda temos a maravilhosa situação de jogar por uma simples vitória, em Chapecó. Eu acredito na classificação no oeste, assim como em Curitiba”, valorizou o comandante.