Zequinha (D) tem como característica o drible e a movimentação
Zequinha (D) tem como característica o drible e a movimentação

Thiago Oliveira
Tubarão

 
A Associação Desportiva Universitária (ADU) continua a trabalhar forte para montar uma equipe competitiva para 2012. Depois de anunciar o retorno do pivô Raphael Pernambucano, a Hipper Freios/Unisul confirmou dois jogadores para a nova temporada. O ala Zequinha, que estava no Copagril, e o fixo Luciano, ex-Assoeva, juntam-se ao grupo que começa a trabalhar no dia 16 de janeiro.
 
Segundo o supervisor de futsal da equipe, Marco Freitas, já está tudo fechado com os atletas, falta apenas a assinatura do contrato. 
 
Marco elogiou os reforços, afirma que eles devem acrescentar bastante ao time. “Zequinha, que fez uma grande temporada no Copagril, é um ala de muita movimentação, e também tem muita habilidade, usando bastante a jogada individual. E o Luciano é um beque de marcação muito forte, como nós queremos. E, quando passa do meio campo, finaliza muito bem”, analisa.
 
Ex-companheiro do goleiro Léo Oliveira no Copagril, Emerson Martins de Freitas, o Zequinha, tem 23 anos, e também passou pelo Paulista/Cimentolit, de Jundiaí (SP).
 
Luciano, de 35 anos, passou grande parte da carreira em times do interior do Rio Grande do Sul. O fixo passou por Arroio do Tigre, Asaf, Três Coroas, ACBF, Assoeva e, recentemente, disputou a Série Prata do Campeonato Gaúcho pelo Acafutsal.
 
Os dois jogadores juntam-se ao técnico Vandré, ao goleiro Léo Oliveira, o fixo Marcelo Paulista, o ala Joãozinho e os pivôs Bruno Petry e Raphael Pernambucano como reforços para 2012.
 
Deives também pode voltar
Com o provável fim do time de futsal do Santos, os atletas começam a acertar com outros clubes. E um deles interessa a Hipper Freios/Unisul. É o pivô Deives, maior artilheiro da história do clube tubaronense. 
O atleta entrou em contato com Caio Tokarski e demonstrou desejo de voltar ao clube. O que impede o retorno é o alto salário do jogador. Mesmo assim, a ADU busca patrocínios para bancar o retorno do artilheiro.
Outro possível destino de Deives é o Internacional, de Porto Alegre, que voltou a montar um time de futsal. A esposa do jogador está grávida, e isso poderia facilitar a volta ao estado natal.
Com passagem por Tubarão em 2009 e 2010, o pivô não ganhou nenhum título, mas conquistou os torcedores com muitos gols. Foram 106 em apenas dois anos.