O Leão do Sul não jogou bem ontem à noite, em casa.
O Leão do Sul não jogou bem ontem à noite, em casa.

Priscila Loch
Tubarão

Após um ótimo início de campeonato, o panorama mudou e os times de Tubarão não dependem mais de suas próprias pernas para conseguir classificação às semifinais do turno da Divisão Especial do Catarinense. Na penúltima rodada desta fase, ontem à noite, o Hercílio Luz foi derrotado pelo Camboriú, por 3 a 0, e o Atlético Tubarão perdeu para o Joaçaba, por 3 a 1. Agora, os dois times precisam vencer domingo e ainda assim dependerão de outros resultados para avançar.

O Leão teve mais sorte que juízo. O time não jogou bem, errou muitos passes e permitiu que o adversário mostrasse superioridade durante toda a partida. Mesmo assim, manteve-se na quarta posição na tabela. Os quatro primeiros se classificam, mas agora só há mais duas vagas, já que Guarani e Atlético de Ibirama não podem mais ser alcançados, mesmo que percam no fim de semana.
Os gols do Camboriú foram marcados por Thiago Silva (aos 20 minutos do primeiro tempo), Rodrigo (7 do 2º) e Elias (28 minutos). A torcida, que até então já pressionava por melhores resultados, saiu ainda mais irritada do Estádio Anibal Costa.

O técnico Joceli dos Santos mostrou-se muito chateado. “Mérito do Camboriú, que soube levar o jogo pra frente e fez os gols. Já nós jogamos errado, com quase todos os cruzamentos errados. O maior problema foi o posicionamento”, lamentou.

Peixe perde para o até então lanterna

O Atlético Tubarão foi até o Estádio Oscar R. da Nova otimista de que venceria o Joaçaba. Afinal, o adversário não havia vencido uma sequer na Divisão Especial de 2011 e amargava a lanterna do campeonato. Porém, o que o Peixe encontrou foi um Joaçaba para frente, em busca do gol. E o placar final foi 3 a 1 para os donos da casa.

A partida começou equilibrada. E o goleiro Rodrigão barrou a primeira chance do Joaçaba. O Atlético Tubarão deu a resposta, mas nada do gol. O jogo caminhava para o fim da primeira etapa quando, aos 44 minutos, o time anfitrião foi ao ataque, pressionou o adversário, e o meio campo Queiroz aproveitou um rebote da zaga e finalizou forte com a perna direita para abrir o placar: 1 a 0.
No primeiro lance da segunda etapa, o Joaçaba teve escanteio a seu favor e o volante Alex Albert marcou contra: 2 a 0. Quatro minutos depois, o Peixe respondeu, com Pezão, de cabeça: 2 a 1. Mas a noite era mesmo do Joaçaba, que ampliou aos 19 minutos, com mais um gol contra, de Jhonny: 3 a 1.

Felipe Oliveira e Hudson Coutinho deixam o Leão

O Hercílio Luz teve mais duas baixas ontem. O atacante Felipe Oliveira e o preparador físico Hudson Coutinho pediram dispensa e já deixaram Tubarão. O presidente do clube, Michel Mussi, garante que não houve nenhum descontentamento por parte dos dois, especialmente no que se refere a salários.

“Hudson foi embora por conta de um problema familiar e Felipe Oliveira parece que recebeu uma proposta. Os salários dos jogadores já estavam em dia e o da comissão técnica foi pago ontem (terça-feira”, assegurou Mussi. Oliveira recebeu proposta do Lajeadense (RS) e o preparador Coutinho fechou com o Guarani de Palhoça.
O presidente garante que não há qualquer crise no Estádio Anibal Costa. “A folha de pagamento é cara, temos um pouco de dificuldades, mas temos que correr atrás. Está tudo certo”, afirmou Michel.