Imbituba

Dos 48 surfistas inscritos para a etapa brasileira do circuito Mundial de Surfe (WCT), 19 são brasileiros que tentarão quebrar o jejum de uma década para vencer o Hang Loose Santa Catarina Pro, como é chamada a etapa realizada em Imbituba.
Foi em 1998, no Rio de Janeiro, que o paranaense Peterson Rosa conquistou a última vitória nacional em mares brasileiros. Depois, somente os estrangeiros levaram o prêmio máximo oferecido no esporte das ondas.

O representante do país melhor colocado é Adriano de Souza, ele está na quinta colocação do ranking da temporada.
Serão 11 ausências nas provas da Praia da Vila. Com isto, as vagas foram ocupadas por surfistas brasileiros, o que totaliza 19 atletas. O eneacampeão mundial Kelly Slater; o campeão do ano passado, Mick Fanning e; o tricampeão Andy Irons, não vêm ao Brasil por motivos diferentes, mas a maioria dos ausentes alegou contusão como justificativa.

O surfista Carybean Heleodoro será o representante de Imbituba nesta etapa do WCT. Ele venceu o Circuito Imbitubense de Surfe e, por causa dos desfalques da competição, a organização do Hang Loose Santa Catarina Pro pôde incluir convidados.
“Quando eu era garoto, viajava para Florianópolis e ficava vendo as etapas do antigo circuito mundial, sonhando estar ali. Hoje, estou conquistando esse sonho, e para estar ao lado dos melhores. Vai ser a melhor semana da minha vida”, declara Heleodoro.
A etapa brasileira da competição da elite do surfe mundial inicia hoje e será realizada até a próxima quarta-feira, na Praia da Vila, em Imbituba.